Mensagem de um Mestre viajante do tempo e cavaleiro do vento

Mensagem de um Mestre viajante do tempo e
cavaleiro do vento



Por Kiara Windrider

‘Não fora nossa intervenção em tempos cruciais, seu
planeta já estaria extinto hoje’


‘A Terra se encontra no umbral de um
nascimento no qual o Criador e a Criação se
fazem Um ‘


‘Nesse momento, a freqüência
dos seres do planeta se elevará numa
extraordinária agitação de despertar ‘

Prólogo
Sou um cavaleiro do vento, um
viajante do tempo. Volto do futuro para o seu
tempo para compartilhar uma mensagem. Quando
vivi em seu tempo, perguntavam- me
freqüentemente se eu gostaria de ser visitado
por alguém do futuro, que tivesse perspectivas e
respostas a algumas perguntas bastante complexas
e, talvez, algumas soluções para alguns
problemas muito angustiantes que enfrentávamos
juntos, na cultura humana e no planeta Terra.
Perguntava-me então como seria
tal criatura e o que diria. Sou um cavaleiro do
vento. Sou um Mestre Ascensionado e viajante do
tempo, embora da minha perspectiva não é tanto
uma viagem, mas uma dobra através das dimensões,
que é parte da consciência de ascensão, como
explicarei logo.
Possivelmente, minha própria
existência entre vocês, como viajante vindo do
seu futuro, pode tranqüilizar, porque têm
sobrevivido, sim, como espécie, e, sim, há mais
na existência que seu aborrecimento rítmico
diário. Muitos alcançaram a maestria da ascensão
em meu tempo. Retorno a seu tempo para um
propósito específico. Uma grande “mudança de
era” se aproxima e há duas correntes principais
de probabilidade que se estendem diante de vocês
como espécie. Meu propósito é falar sobre estas
dois correntes e, possivelmente, apresentar
algumas perspectivas.
Tempo de traslado
Primeiro queria oferecer-lhes
algumas perspectivas sobre a natureza do tempo.
O tempo é uma função de freqüência. Como vocês
podem ter vários tons ocupando o mesmo espaço em
um acorde musical, assim o Universo é uma
construção multidimensional, onde cada dimensão
se caracteriza por uma certa freqüência ou
densidade. A experiência do tempo do Universo
varia segundo sua experiência da densidade.
Na freqüência da terceira
dimensão que vocês experimentam atualmente,
antes da mudança, o tempo é linear, com um
passado e um futuro distintos que se ocultam ou
sobrepõem a um “tempo do agora” chamado
“presente”. O presente é um momento minúsculo
na realidade tridimensional. Nas freqüências
mais altas de densidade, seu sentido temporário
do agora se amplia grandemente,
derrubando a divisão entre o passado e o futuro
e permitindo uma experiência muito maior da
“presença”.
Os xamãs, os místicos, os
profetas e os meditadores aprenderam através dos
tempos derrubar estas divisões e a viajar a
outras dimensões, só para voltar novamente ao
que vocês chamam o mundo “real”. Alguns, como os
aborígines da Austrália, foram bastante fluídos,
pois sabiam que viviam entre os mundos, e
denominaram a experiência de “o tempo do sono”,
como sua realidade primária.
Nas viagens entre os mundos,
todos estes viajantes pioneiros tinham visões de
acontecimentos futuros, assim como o acesso ao
passado através das bibliotecas “akáshicas”.
Pouquíssimos, entretanto, em
toda a história da Terra, puderam dissociar-se
muito de uma linha de tempo tridimensional para
participar disso realmente ou para modificar
acontecimentos futuros ou passados. Há razões
para isto e algumas delas têm a ver com a
consciência coletiva em um universo de
livre-arbítrio.
O próprio ato de participar de um
marco de tempo específico permite uma mudança
dentro dessa corrente de tempo. Quando entramos
no passado, que é seu presente, criamos
realmente linhas de tempo paralelas que se
entrecruzam com suas atuais oportunidades,
semeando novas possibilidades para que sua
consciência coletiva as escolha.
Há muitos viajantes do tempo em
seu domínio, neste momento, freqüentemente
através de um processo de combinação com uma
identidade, alguns realmente encarnados em
corpos transportados no tempo. Não fora nossa
intervenção em tempos cruciais, seu planeta
estaria extinto hoje.
Vocês se perguntam por que não
ocorreram algumas das profecias mais
catastróficas de Edgar Cayce, Nostradamus e
diversas escrituras antigas?
Então não estamos interferindo no
seu livre-arbítrio coletivo e opções cármicas?
Não me arrisco a alterar sua própria corrente de
tempo e, ao fazê-lo, negar o livre-arbítrio
coletivo? Entendam, por favor, que muitos de
nós, os viajantes do tempo, somos aspectos
futuros de seus próprios seres, respondendo a
uma chamada que vocês mesmos têm feito.

Poderiam nos chamar aspectos de
seus próprios seres mais elevados, o que seria
uma declaração exata, posto que existimos em uma
freqüência dimensional mais alta da sua
perspectiva. Também é verdade que a consciência
coletiva da Terra, neste tempo, pediu uma ajuda
mais elevada, e também somos parte da resposta a
essa chamada.
Uma terceira razão pela qual
podemos viajar no tempo para seu mundo, neste
momento, é a abertura de certos portais do tempo
através de alguns experimentos de seu Governo
(USA), como o “Experimento Filadélfia”. As
razões originais de tais experimentos eram
questionáveis, mas o fato é que, ao abrir uma
brecha nestes portais do tempo, os véus da
quarta dimensão se atenuaram ou dispersaram,
permitindo não só visitas de outros mundos e
dimensões a seu planeta, mas também trazendo
todo seu planeta ao limiar de uma mudança para a
quarta dimensão!
O experimento
Mencionei anteriormente que havia
várias razões pelas quais não foi possível,
antes, a participação na viagem no tempo. Outra
razão foi que seus místicos e cientistas mais
importantes tiveram êxito limitado nesta empresa
que é a natureza de seu próprio lugar geométrico
tridimensional. Porque, com a finalidade de
viajar independentemente no tempo, vocês
precisam ter pelo menos um quinto lugar
geométrico dimensional.
Precisam estar enraizados em uma
perspectiva simultânea, bastante extensa, para
que possam abraçar eons de tempo linear em uma
variedade infinita de dimensões paralelas.
Pouquíssimos mestres ascensionados, em sua
história, alcançaram isto, muito poucos mesmo.
Por isso, amigos, vocês emergem como espécie.
O início do século XXI é um tempo
emocionante para ser vivido por vocês. Não
desejo repetir aqui o quanto estão afinados ou
harmonizados com isso os mais intuitivos entre
vocês.
Direi simplesmente que sim,
que vocês estão no umbral de um acontecimento
coletivo impressionante, de um “nascimento” , se
vocês quiserem, de uma “mudança de era”, de um
Ponto Zero previsto e aguardado há muito tempo
não só pelos xamãs e profetas da Terra, mas
também pelas galáxias infinitas.

Por razões que ficarão claras
para vocês, o que ocorre agora na Terra
repercute em toda a Criação. Um novo ciclo
completo de evolução começa através de todos os
universos de Deus e este pequeno planeta chamado
Terra tem um papel importante a desempenhar, o
que certamente é a razão pela qual vocês têm uma
galeria tão ampla de espectadores que os observa
neste tempo.
Tem que ver com o fato de que
alguns dos seres mais evoluídos da criação estão
atualmente encarnados na Terra, junto com o
arsenal mais diversificado de formas de vida e
de origem jamais reunidos, todos encarnados em
densidade física em um grande experimento de
unificação.
Aqueles de vocês que tiveram
experiências de unidade de consciência saberão
que não custa muito esforço experimentar a
Unidade com o Todo nas dimensões mais altas,
enquanto é aqui, na Terra tridimensional, com
sua infinita diversidade e polaridade de
consciência, onde isso se converte em uma prova
de valor e de compromisso. Com tanto anseio da
Terra por uma espiritualidade apoiada na
necessidade de escapar da dor e do sofrimento do
ser humano neste momento, pode surpreendê-los
inteirar-se de que estão no fio da consciência
de Deus, agora, nesta densidade física.

Se a Terra puder experimentar a
unidade na diversidade, em uma dimensão física
(terceira ou quarta), ampliar-se-á grandemente a
atividade do coração de Deus e o Universo
inteiro começará um ciclo de inspiração de volta
à Mente de Deus.
Convergência
Porque, sim, há ciclos envoltos
em ciclos e mais ciclos em seu nascimento
planetário. Não só se aproximam do final de um
milênio, mas também se aproximam do final de uma
era de Peixes de 2.160 anos. A era de Aquário,
na qual entram vocês, não é só o princípio de
outra era, é também o princípio de um ciclo
inteiro de 25.920 anos, marcado pela precessão
dos equinócios. Este ano precedente também
reflete a órbita de seu Sistema Solar ao redor
de Alcione, o Sol Central das Plêiades.

Duas vezes durante esse ano,
incluindo o princípio da era de Aquário, vocês
entram na influência de uma corrente de alta
vibração de luz unificada, conhecida como o
cinturão de fótons
, que emana do Sol
Galáctico e que sincroniza sua Galáxia inteira
com a mente de Deus. Seu Sol Galáctico está
completando igualmente sua própria espiral
através das galáxias e se aproxima o momento
descrito nas escrituras hindus como
inspiração de Brahma
.
Tudo, até hoje, no ciclo da
criação, foi uma expressão do sopro de Deus.
Agora é o momento do regresso, quando tudo em
todas as dimensões, em todos os universos, se
juntam novamente numa oitava mais elevada da
Unidade. É como o marcador da quilometragem de
seus automóveis que registra até 99.999, antes
de voltar para o ponto zero.
O Ponto Zero se refere a
uma convergência que ocorre na Terra, que enlaça
todos estes grandes ciclos com todas as
dimensões, na Criação, na viagem de volta à
Unidade. A cúspide de um milênio se enlaça com a
cúspide de uma era que, por sua vez, se vincula
à cúspide de um ano precedente, à cúspide de um
ciclo galáctico e à cúspide da respiração do
Criador.
O que significa isto? Como
conseqüência da natureza única deste particular
Ponto Zero, a Terra se acha no umbral de
um momento cósmico de nascimento no qual o
Criador e a Criação se fazem Um. Quer dizer, os
véus entre as dimensões estão a ponto de
desaparecer num momento, ou algo mais que um
momento, fora do tempo, tempo suficiente para
que a consciência do Criador penetre no coração
e na mente de todos os seres encarnados na Terra
e, por reflexo, em todos os universos habitados.
Neste momento atemporal, é como se toda a
Criação respirasse junto com o Criador e, depois
disso, estivesse para sempre infundida no
Espírito de Deus.
A freqüência de oscilação de
qualquer forma de vida tem a ver com sua conexão
com o Espírito. Nesse momento de infusão, a
freqüência de todos os seres do planeta se
elevará em uma agitação extraordinária de
despertar. E uma vez que o tempo e a dimensão
também têm a ver com a freqüência, vocês serão
catapultados repentinamente à quarta dimensão
como um acontecimento coletivo.
Como a transição coletiva para a
quinta dimensão ainda levará um tempo, alguns de
vocês podem encontrar-se passando às freqüências
da quarta, à quinta e à sexta dimensão, ativando
o processo de ascensão. Foi assim que eu,
cavaleiro do vento
, tendo me encontrado na
sexta dimensão depois da mudança, escolhi
dissolver meu corpo de quarta dimensão na luz
unificada e encontrei a mim mesmo praticando a
habilidade de me transladar através de todos os
tempos e dimensões dos universos do Criador.
As duas correntes
Com esses antecedentes, desejo
agora falar com vocês sobre as duas correntes
de probabilidade
que se estendem diante de
vocês. A grande mudança sobre a qual falei é
inevitável. É uma certeza em todas as prováveis
linhas do tempo de seu futuro. Porém, o que
acontece realmente neste ponto zero, ou
nascimento cósmico, segue sendo indeterminável e
depende inteiramente da consciência coletiva
latente nesse momento.
Minha existência e a de outros
mestres do seu futuro, entre vocês, reflete o
fato de que uma porção da humanidade atravessou
com êxito a transformação. Essa proporção não é
revelada. Mantém-se sempre mudando e desejamos
que isso inclua o maior número possível de
seres.
Há dois cenários de
probabilidade neste tempo
.
Um é, no momento do
ponto zero
, todos os seres neste planeta se
trasladarem à quarta dimensão. É o melhor
panorama no caso.
O outro é haver uma
fratura entre os mundos, quando os que estão
dispostos e preparados para transladar-se à
quarta dimensão assim o farão, e os que não
estão, permanecerão na terceira dimensão para
desempenhar seu karma em uma terra paralela que
poderia dar lugar à destruição cataclísmica.
Uma terceira probabilidade,
alternativa e o pior panorama do caso, e que
já não existe
, seria seu planeta inteiro ser
destruído por um grande cataclismo. Isso parecia
uma possibilidade há uma ou duas décadas em seu
tempo e, em nome de todos os mestres
ascensionados, felicito-os pela mudança de
consciência que experimentaram para evitá-lo.
Há uma grande luz na Terra
agora. Esta é a razão pela qual acreditamos ser
possível mudar, mais adiante, o segundo panorama
de traslado parcial para a quarta dimensão, para
o melhor deles que é o traslado completo do
planeta Terra. Esse é também o motivo do atraso
da chegada do ponto zero que assim
aconteceu para dar a toda a humanidade a
oportunidade de fazer a mudança junta.

Muitas de suas antigas profecias
falam da segunda corrente de probabilidade,
porque este parecia ser o panorama mais
favorável naquele tempo. Jesus falou do
“arrebatamento” de dois homens que trabalhavam
nos campos, um seria levado e o outro, deixado.
As escrituras cristãs, muçulmanas e hebraicas
estão repletas de imagens do “dia do
julgamento”, quando o “justo” seria recompensado
e o “mau”, castigado.
Também há metáforas nessa era que
refletem o primeiro panorama. A história do “centésimo
macaco
“, que é uma descrição conveniente
da evolução biológica e espiritual, é um
exemplo. É sempre verdade que, quando há um
número suficiente de seres que vislumbram e
praticam um novo paradigma, a “lei da graça” é
então invocada e o resto dos macacos, ou a
humanidade, como pode ser o caso, é arrastada
junto.
O desafio
O que é necessário acontecer para
que a consciência de massa troque a segunda
corrente de probabilidade pela primeira? O
segundo cenário se apóia no “karma” e o
primeiro, na graça. Precisam compreender que a
lei da graça é uma oitava mais elevada que a lei
do karma. E precisam compreender e aceitar
completamente suas sombras pessoais e coletivas.
Quando o Mestre Jesus falou em
perdoar seu inimigo, não falou em perdoar suas
ações, mas em reconhecer que você e ele, ambos,
eram sombra e luz juntas, e que o perdão
proporcionava a ambos uma oportunidade de
praticar uma alquimia divina, unificando tanto a
sombra como a luz na experiência da Unidade.
“Ama a seu vizinho como a ti mesmo”
disse,
porque de fato vocês são o mesmo.
A prova para a humanidade
despertada é esta. Vocês podem estender a mão do
perdão e do amor neste sentido ampliado a seus
irmãos e irmãs na ignorância e na escuridão, um
perdão que surge da compaixão, um perdão que
acolhe seu vizinho, você mesmo, os senhores da
sombra, os traficantes do poder, as forças
satânicas, a mente militar, os governos secretos
ou qualquer que seja sua versão do que é o
inimigo?
Quando vocês agem assim, ativam a
lei da graça e acabam com um conflito polarizado
que abre a porta para o completo despertar
planetário. Mais que isso, proporcionam uma
oportunidade de resolver e sanar uma guerra
intergaláctica que se alonga por muito tempo e
traz consigo muito sofrimento. Asseguram que, na
inspiração vinda de Deus, ninguém fique para
trás. Para mim, que viajei dentro de seu tempo
para semear de novo, esse é o melhor panorama.
Começa com a crença seguida pelo
desejo. Saibam que é possível experimentar um
nascimento abençoado, unificado e livre da dor,
na quarta dimensão e nas outras mais à frente.
Saibam também que são capazes de ser os agentes
de Deus nesta grande alquimia. Já demonstraram
isso ao evitar a terceira probabilidade de
destruição cataclísmica.
Agora me despeço e deixo com
vocês amor e graça. Saibam que têm uma grande
ajuda nesta oportunidade profunda que vem a
seguir. Convidem os mestres ascensionados, as
irmandades da luz, as hierarquias dos anjos e os
Elohim; convidem os avatares e os Santos de
todos os tempos, convidem as nações estelares e
os conselhos intergalácticos de luz, convidem
seus seres mais elevados e o Cristo, convidem os
sistemas planetários, solares, galácticos e
universais, convidem o Grande Espírito a quem
muitos chamam Deus.
Vocês não estão sozinhos e nós
não estamos separados!



KIARA WINDRIDER
é um psicoterapeuta e orientador espiritual. Nascido e
criado na Índia, ele passou 22 anos estudando nos
Estados Unidos e atualmente vive na Turquia com sua
esposa, Grace Sears. Eles tem viajado muito durante
os últimos anos, pesquisando e compartilhando a
possibilidade de um despertamento global.

http://anjodeluz.net/mensagem_mestre_tempo.htm

Deixe uma resposta

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s