MARIA – 1º de junho de 2011 – Autres Dimensions

Eu sou Maria, Rainha dos Céus e da Terra.

Filhos bem amados, onde quer que estejam, que a Graça os acompanhe.

Todo o meu Amor está com vocês e em vocês.

Em venho a vocês, como anunciado, no fim do mês da Graça, para esclarecer o que há a viver em seu Templo interior e sobre esta Terra, nos períodos que vão desenrolar-se, agora, permitindo entrar, de maneira muito precisa, nos mecanismos da Ascensão e de sua Elevação.

A Luz vai revelar-se, inteiramente, nas semanas que vocês vão viver, chamando, com isso, o deslocamento das zonas de Sombra e a revelação do que estava escondido.

Assim, a humanidade, em sua totalidade, aceitando-me ou não, deverá ver, com isso, o que é realmente a Sombra, o modo com o qual ela dominou esta humanidade, seus pensamentos e seus Corações.

O conjunto de minha Frota Interdimensional vai agora aproximar-se de vocês. Ela vai, portanto, afastar-se, progressivamente, do Sol, para aproximar-se, ao mais perto, de sua Dimensão.

Os Anjos do Senhor estão doravante revelados.

O conjunto da Confederação Intergaláctica se tem pronta agora para permitir-lhes passar o que vocês têm a viver no melhor estado Interior e Vibratório.

A Luz, revelando-se, vai chamar, portanto, a esse mecanismo de revelação de todas as Sombras, dissolvendo-as, fazendo-as desaparecer da vida e da realidade.

Nada mais em vocês, porque, eu os lembro, o que acontece em vocês acontece do mesmo modo no exterior de vocês, nada mais poderá ser escondido.

Vocês não poderão mais mascarar qualquer elemento que seja concernente à sua Consciência e à sua vida atual.

Assim, meu apelo de hoje é um apelo solene para a Paz e para a serenidade. Um apelo para estabelecerem-se, mais do que nunca, na Vibração do Amor e da Paz, a fim de não serem empurrados nem arrastados pelo choque da humanidade.

O desenvolvimento da Luz vai, de fato, acompanhar-se, como vocês já sabem, por certo número de reajustes essenciais que ocorrem sobre a Terra como em vocês, e abrindo o caminho para a Ascensão da Terra, para sua Ascensão. Tudo está agora concluído e finalmente pronto para esse mecanismo final.

A hora de retornar à Eternidade chegou, permitindo-lhes sair do efêmero, desse corpo que vocês habitam, dessa vida, de fazê-los redescobrir sua herança, sua Verdade e a Beleza da Luz que vocês são, para além dos jogos de Sombra e de Luz desse mundo.

Meu apelo ressoará no momento vindo. Ele lhes fará sinal, a fim de prepará-los para acolher o retorno da Verdade, do Caminho e da Vida. Os preparativos estão, de algum modo, terminados.

Vocês efetuaram, cada um de vocês, onde quer que estejam sobre esta Terra, a preparação a mais adequada para viver esse desafio e essa liberação.

Como lhes esclareceu o Arcanjo Anael, e como voltará a esclarecê-lo o Arcanjo Metatron a partir de amanhã, é-lhes solicitado que sejam perseverantes e assíduos em seus momentos de Fusão e de alinhamento com a Verdade, a Beleza e a Vida, às 19 horas [*], como em qualquer momento em que a Luz chamá-los.

Porque é pela Luz que vocês voltarão a ganhar a Luz.

Porque é pela Luz que vocês encontrarão a Paz.

Porque é pela Luz que vocês se estabelecerão no Amor.

Um grande número de seus Irmãos e de suas Irmãs não podem mesmo imaginar ou crer o que está chegando a esta Terra e, no entanto, os sinais são inumeráveis e múltiplos por toda a parte sobre esta Terra.

O Canto da Terra começou a ressoar.

O Canto do Céu vai aparecer.

A Fusão dos Éteres generaliza-se, preparando a vinda da Luz branca e o retorno do Cristo.

Vocês serão os testemunhos privilegiados disso.

Vocês serão, de algum modo, também, os atores, por seu trabalho, que deve continuar nesse mundo, permitindo uma liberação, na suavidade.

Qualquer que seja a importância das desordens, dos humanos como da Terra, preliminares a essa elevação, vocês são, de algum modo, os amortecedores, por seu papel de Ancoradores de Luz, de Irradiadores de Luz.

Os Anjos do Senhor, manifestando-se em número cada vez mais importante, estarão aí também, para aqueles cujo caminho é juntar-se aos Anjos do Senhor.

Os sinais vão tornar-se cada vez mais evidentes, cada vez mais marcantes, cada vez mais incontornáveis.

Somente aqueles que quiserem, conscientemente, ignorá-los, ignorá-los-ão, no maior desfavor deles próprios.

Mas, como vocês sabem, não há ninguém a julgar, porque cada coisa, quando da revelação da Luz, está em seu lugar, porque cada coisa deve viver o que há para viver.

Cada Consciência viverá o que ela tem a viver.

A revelação da Luz é, de fato, um momento único para seu mundo, para essa Dimensão.

Nós somos, como sabem, em número mais importante do que vocês mesmos sobre esta Terra a preparar esses instantes com vocês, a nos termos prontos, cada um em nossa Dimensão respectiva, em nossos meios respectivos, para acolhê-los.

Vocês foram preparados e são preparados, cada um ao seu modo. Vocês escolheram estar aí para viver isso, não duvidem disso.

O retorno à Liberdade, o retorno à Eternidade é um momento de grande Alegria. Ele é também um momento de grande ruptura, para aqueles que não puderam ou não quiseram receber o apelo da Luz.

Em definitivo, e para além da Alegria ou da ruptura desse momento, mantenham sempre presente no espírito que é o conjunto da humanidade que retorna à sua Eternidade.

E que, passado o momento da própria Ascensão, tudo, em definitivo, retorna à Luz.

Mas retornar à Luz pode se fazer na Alegria ou na resistência.

Alguns de seus Irmãos e de suas Irmãs, o maior número, eu diria, não têm a lucidez nem a consciência do que chega. Vocês, que me lerão ou que me ouvirão, e que me ouvem aqui, tiveram a chance, por sua Vibração, de ser informados e, talvez, de ter iniciado o caminho do retorno à Consciência Unitária.

Sua presença é, portanto, capital para o que há a viver, e o conjunto da Confederação Intergaláctica dos Mundos Livres se junta a mim para cumprimentar seu heroísmo e sua coragem por terem trabalhado para estabelecerem-se, como iluminadores, em sua Dimensão de Sementes de Estrelas, na Dimensão de sua Eternidade.

Foi uma muito grande honra trabalhar, lado a lado, em Vibração, religados uns aos outros, construindo, paciente e ardentemente, o Veículo interdimensional coletivo, permitindo à Terra liberar-se, por seu núcleo primeiramente e, agora, por sua crosta terrestre.

O conjunto de envelopes que os havia confinado nesse espaço-tempo está agora pronto a romper-se, definitivamente.

É claro, aqueles que tiveram por função obscurecê-los ainda mais, evitando permitir-lhes reencontrar sua Eternidade, resistirão até os últimos instantes ao afluxo da Luz e ao seu desenvolvimento. Agradeçam-lhes, porque eles também, ao modo deles, desempenharam seu papel.

É tempo, agora, de penetrar as esferas da Eternidade, onde não existe qualquer julgamento, onde não existe qualquer inimigo, onde tudo é religado e interdependente na Liberdade a mais total.

Pouco a pouco, progressivamente e à medida que meu apelo aproximar-se de vocês, vocês se afastarão, por si mesmos e pela Vibração, de tudo o que não é autêntico, de tudo o que não é Verdadeiro, de tudo o que não é a Luz, sem julgar, sem condenar, simplesmente porque isso está na ordem das coisas e é o único modo de juntar-se ao Coração, ao Amor e à Eternidade.

Isso não é uma separação, no sentido brutal, mas é, simplesmente, o respeito da Liberdade de cada um de meus Filhos.

Qualquer que seja a escolha deles, lembrem-se de que ela é tão respeitável como a de vocês, que me escutam.

A Consciência é totalmente livre para experimentar o que ela quer e ela o será, tanto mais, pela revelação da Luz e o retorno do Cristo, bem mais do que antes.

Aqueles de meus Filhos que não tiverem tido a oportunidade de elevar a Vibração, pelas Coroas Radiantes, poderão fazê-lo, então, em outros períodos e em outros lugares.

Lembrem-se de que, nesses momentos, que o corpo que vocês habitam sempre foi efêmero, inscrito numa duração extremamente breve em relação à Eternidade do que vocês são.

Quanto mais vocês aceitarem a Luz que se revela, menos manifestar-se-ão quaisquer apegos, quaisquer sofrimentos.

Lembrem-se de sua Filiação, lembrem-se de sua origem, que é a Luz, que é o Espírito.

A experiência desta matéria específica que eu levei a nascer e a crescer, como vocês sabem, foi desviada de sua Liberdade. É isso que vocês vão reencontrar, se tal é sua Vibração.

Vocês serão, mais do que nunca, acompanhados.

Acompanhados pela Luz, pelos Anjos do Senhor que, para alguns de vocês, revelar-se-ão cada vez mais nos períodos de suas noites.

Muitos de vocês vão começar a perceber os detalhes e os contornos da Luz. A Vibração de seu corpo de Existência, se é vivida nesse corpo de carne, vai amplificar-se.

A fusão das Três Lareiras tornar-se-á efetiva, permitindo, aí também, preparar a fase final ou terminal da Ascensão.

Muitos elementos de compreensão foram-lhes dados, seja pelos Anciões ou por algumas de minhas Irmãs ou pelos Arcanjos, a fim de nutrir, de algum modo, sua sede, legítima, de compreensão.

O que vem, agora, está para além de qualquer compreensão. O que vem, agora, está para além de qualquer marcador, de qualquer classificação.

É agora que vocês poderão verificar, por si mesmos, sua qualidade de Abandono à Luz, sua capacidade para efetuar a última Reversão, fazendo-se passar do Efêmero para o Eterno.

Lembrem-se de que há, em seus momentos coletivos de alinhamento, toda a Luz necessária para permitir-lhes realizar isso.

O retorno à Unidade deve fazê-los fazer o luto da Dualidade, da ação/reação, das leis que prevaleceram nesse mundo, a fim de penetrar, inteiramente, as esferas da Graça, de sua Eternidade.

Cada dia, doravante, verá revelar-se, um pouco mais, a Luz e revelarem-se, um pouco mais, as zonas de sombra e as zonas sombrias que, justamente, impediram, durante tanto tempo, o retorno da Luz.

Cada coisa aparecer-lhes-á claramente, a partir do instante em que vocês aceitam, vocês também, ser claros consigo mesmos.

A lei de atração da Luz será cada vez mais evidente para cada um. Ninguém poderá ignorar suas próprias zonas de sombra. Em contrapartida, alguns de vocês decidirão ignorar o que vive esse mundo, porque cada caminho é diferente.

O retorno à Luz, mesmo para meus filhos os mais despertos, faz-se de diferentes modos.

Alguns terão mais facilidades, capacidades, para imergir-se na própria Luz, a fim de ali revelar, de ali desalojar os últimos elementos da dualidade, os últimos elementos do que é falso. Sem julgamento, sem culpa, simplesmente deixando a Luz agir em si, de maneira a mais neutra e a mais amorosa possível. Então, para vocês, tudo acontecerá na alegria.

Lembrem-se de que sua alegria, que vocês serão capazes de manifestar, de manter e de desenvolver, é o melhor bálsamo, de qualquer modo, a aplicar sobre o medo e o sofrimento.

Medo e sofrimento que jamais está, é claro, em ressonância com a Luz, mas, bem mais, com as resistências conduzidas pela humanidade, por aqueles que asfixiaram a Verdade e por aqueles, também, que a asfixiaram neles.

Lembrem-se de que o Abandono à Luz é uma doação total de si.

Essa doação total de si, esse esquecimento de si, na personalidade, é o único modo de cruzar a última porta, a última Reversão, e pela qual o Cristo volta a vocês.

Doravante, e a cada noite, em seus momentos de alinhamento coletivo de 19 horas [*], minha Presença far-se-á, para muitos de vocês, cada vez mais sensível, cada vez mais clara.

O Arcanjo METATRON iniciará, a partir de amanhã, o impulso dessa última Reversão, ao nível da humanidade e do conjunto desse sistema solar (ndr: quarta-feira, 2 de junho, às 21 horas – hora francesa no relógio).

Eu intervirei, quanto a mim, em função das necessidades, mas voltarei, de maneira muito mais formal e precisa, em 23 de julho, às 23 horas, hora francesa, onde, naquele momento, eu os esperarei em união e em comunhão com o conjunto de minhas Irmãs e o conjunto de minha Frota. Daqui até lá, muita Luz terá surgido, no interior de vocês como sobre a Terra, muitos eventos terão se desenrolado, mudando, de maneira irremediável, a face do mundo e a compreensão da humanidade. Isso é, é claro, desejado, a fim de que aqueles que devem viver a última Reversão façam-no sem lamento e com bom Coração.

Durante esse período, muitos sinais, muitas coisas vão produzir-se, no interior de vocês como em suas vidas.

O que quer que seja que tocá-los, no interior como no exterior, compreendam, efetivamente, que é sempre, sem exceção, a ação da Luz. Mesmo alguns elementos que puderem aparecer-lhes, para alguns, como extremamente violentos, extremamente difíceis no momento serão, de fato, apenas elementos que os aproximarão de sua Eternidade.

Os espaços que se abrem a vocês, portanto, serão preenchidos de Luz, de Vibrações, de Amor, de Alegria, ao nível de seu Espírito, de sua Alma, mesmo se o corpo e o ego da pessoa possa rebelar-se.

Isso estritamente não tem qualquer importância porque, em definitivo, lembrem-se de que, qualquer que seja seu caminho, absolutamente nada pode opor-se à Unidade.

Absolutamente nada pode opor-se à Luz Vibral que se revela, porque os Tempos estão realizados.

Muitos de vocês vão também receber os últimos impulsos para colocarem em ordem a própria vida, para regularem os últimos detalhes para viver, de maneira pacífica e harmoniosa, o que vocês têm a viver, cada um.

Os instantes de suas vidas serão, agora, instantes que vão depender de vocês.

Serão preenchidos de graças, se vocês aceitam a graça.

Serão preenchidos de medo, se vocês aceitam o medo.

São vocês mesmos que revelam sua própria Luz.

São vocês mesmos, e unicamente vocês mesmos, que reagem, ou não, à Luz e à sua revelação.

Lembrem-se de que não haverá espaço onde esconderem-se dessa Luz, para os seres os mais iluminados como para os seres que estão desviados da Luz.

Nesses momentos, tudo o que deve realizar-se, realizar-se-á, no sentido final, lembrem-se, da Liberação.

Assim, mesmo no que lhes acontecer, não busquem nem explicação, nem julgamento, nem condenação, nem exaltação, mas aquiesçam, simplesmente, ao que vocês viverão, porque o conjunto do que vocês viverão está, inegavelmente, em ressonância com a Luz e sua ação, no interior de vocês mesmos.

Prestem atenção para manter, o mais frequentemente possível, sua Unidade, sua Irradiação.

Pensem, a cada respiração de sua vida, na Luz.

Pensem, a cada respiração de sua vida, em suas Vibrações, se vocês as percebem.

Isso será, eu repito, seu salvo-conduto, que lhes evitará fazerem-se prender pelas resistências da humanidade.

De sua capacidade para abandonar-se à revelação da Luz, agora, dependerá sua capacidade para viver a Alegria, ao invés do medo, para viver a Paz, ao invés do terror.

Porque a Luz é realmente Alegria.

Somente as resistências à Luz não são Alegria.

Isso, em vocês, como fora de vocês.

Não se esqueçam, também, como eu o disse, que os Anjos do Senhor, minha Frota, o conjunto de Consciências da Confederação Intergaláctica dos Mundos Livres estão agora à sua disposição.

Não hesitem em pedir a ajuda, mas esse pedido de ajuda passa pelo Abandono à Luz, também.

Nós, dos Mundos Unificados, vemos apenas a Luz.

Nós não podemos ver o que seus olhos veem.

Nós não podemos ser atraídos pelo medo ou pelo terror.

Nós apenas podemos ajudar se seu Coração está aberto e inclinado para nós. E isso, estejam certos, nós o faremos, seguramente.

Como Mãe, no sentido o mais nobre, e não simplesmente humano, eu me regozijo do retorno dessa Luz em suas Consciências e dessa humanidade, que dela foi tão longo tempo privada.

São, efetivamente, momentos de grande Alegria.

São, efetivamente, momentos de reencontros.

São, efetivamente, muito grandes momentos.

Lembrem-se de que a Paz está em vocês.

Lembrem-se de que o Amor está em vocês.

Lembrem-se de que o Salvador está em vocês.

Lembrem-se de que há, em vocês, toda a Luz necessária e suficiente para levar a efeito essa fase.

Se existem, meus Filhos bem amados aqui presentes, interrogações concernentes aos mecanismos coletivos que acabo de desvendar, e não um mecanismo individual ou pessoal, então, se isso pode permitir iluminar um maior número, responderei com grande Alegria.

Questão: todas as crenças são estritamente coletivas ou podem existir igualmente de ordem individual?

Meu filho, cada ser humano é habitado por crenças coletivas, pouco importa de onde elas vêm, ligadas à educação, ligadas a fatores culturais, sociais e outros, mas cada ser humano estabelece, além disso, crenças individuais.

Umas como as outras são pesos terríveis que os impedem, literalmente, de ver claramente e abrir seu Coração, porque a crença define um quadro que se aplica nesta Dimensão, e unicamente nesta Dimensão.

As crenças são oriundas, é claro, do medo. Nenhuma crença pode permitir-lhes viver o Coração.

Não temos mais perguntas.

Agradecemos.

Filhos da Luz Una, Filhos do eterno e da Eternidade, que a Luz os preencha de Amor e de Graças, para além de sua condição limitada.

Eu lhes digo, portanto, quanto a mim, até mais próximo de vocês, a cada noite, às 19 horas, hora francesa.

E, de maneira mais formal, e por minha intervenção direta, também, em 23 de julho, às 23 horas.

Mas, se a atualidade desta Terra o exigir, obviamente, voltarei antes. Dignem-se aceitar e receber o conjunto da Graça e do Amor de todas as minhas Irmãs. Eu sou Maria, Rainha dos Céus e da Terra, que o Amor esteja em vocês. … Efusão Vibratória… Até breve.

_______________________________________________________

As horas indicadas correspondem à hora francesa, no relógio. Atualmente, a diferença de fuso horário é de 5 (cinco) horas para menos, no horário de Brasília. Assim, 19h – França, corresponde a 14h – Brasília, e assim por diante.

 ________________________________________________________

 Compartilhamos estas informações em toda transparência. Obrigado por fazer do mesmo modo, se deseja divulgá-lo, reproduza a integralidade do texto e cite sua fonte: www.autresdimensions.com.

Versão do francês: Célia G.

Extraído de: http://anjodeluz.ning.com

Uma resposta para “MARIA – 1º de junho de 2011 – Autres Dimensions

Deixe uma resposta

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s