VOCÊS ESTÃO COMEÇANDO A ACREDITAR QUE VERDADEIRAMENTE SÃO FILHOS AMADOS DE DEUS – Mestre Jesus

VOCÊS ESTÃO COMEÇANDO A ACREDITAR QUE
VERDADEIRAMENTE SÃO FILHOS AMADOS DE DEUS
Jesus através de John Smallman
em 05 de junho de 2011

A vida no pesadelo, que vocês creem que é a realidade, é exaustiva.

Está cheia de distrações que provocam medo e ansiedade, e por isso muitos sentem que precisam se precaver para se protegerem dos ataques que eles sentem que podem acontecer quando menos se espera.

Eles planejam inúmeros cenários em suas cabeças, nos quais eles se imaginam levantando barreiras que os protegerão do sofrimento e de onde eles poderão sair para o ataque antes de serem atacados.

Viver no medo e preparado para se defender ou atacar outros consome extraordinárias quantidades de sua energia.

Todo humano é um filho amado de Deus, e temer um ao outro é insano.

Seu Pai ama todos vocês igualmente e somente quer sua felicidade, mas se vocês se mantêm brigando, enganando ou traindo uns aos outros em ataque ou defesa, seja por qual razão for, vocês efetivamente se bloqueiam e se recusam a aceitar a abundância do Amor que Ele lhes envia constantemente.

Para experimentar esse Amor vocês têm de se doar em compaixão, perdão, aceitação e amor a todos com quem vocês interagem, enquanto refreiam qualquer tentação de julgar os outros ou de justificar quaisquer pensamentos, palavras ou ações rudes e pelas quais vocês podem ter de ser perdoados.

Quaisquer pensamentos, palavras ou ações agressivas que vocês fomentam ou em que se focalizam intensificam sua aparente necessidade de culpar, julgar e condenar uns aos outros, e são um reflexo da sua própria sensação de carência, imperfeição e baixa autoestima.

Julgar os outros é meramente uma projeção do seu próprio autojulgamento severo que é muito doloroso de se reconhecer, e então vocês estão constantemente na procura de um alvo adequado a que vocês podem se dirigir.

No ambiente ilusório em que os humanos têm sua existência, todos vocês estão se comportando, em grau maior ou menor, de modos que somente podem ser descritos como insanos.

O Verdadeiro Você – o Divino Ser Perfeito que seu Pai criou – está oculto sob um disfarce intensamente egoico, já que ele desempenha o papel de um personagem que ele escolheu representar neste contínuo drama ficcional que vocês chamam de existência humana.

Suas capacidades de atuar são tão boas que vocês têm êxito em convencer uns aos outros de que o papel que estão desempenhando é real, enquanto que oculta dentro de cada um de vocês está uma grande sensação de descontentamento e de insegurança, que vocês estão sempre avaliando em relação aos outros atores neste drama humano numa tentativa desesperada de autojustificação.

Mas, por suas dúvidas estarem tão arraigadas e enraizadas no seu personagem humano egoico, suas constantes tentativas de alcançarem este estado mítico fracassam.

Mas este é o seu dispositivo de escape! – já que a insegurança e o desapontamento os mantêm questionando o significado da vida.

Viver como um humano tentando se comportar de forma humana não pode ter êxito por causa da natureza egoica do personagem, em que vocês estão disfarçados e representando, estar sempre procurando por aprovação externa para compensar sua sensação de imperfeição… de não ser bastante bom.

Não importa quanta aprovação, louvor ou honra ele receba, a sensação corrosiva de insegurança permanece, ou levando o personagem ao desespero, ou até a esforços maiores para ter êxito.

Consequentemente o personagem será levado a aceitar a sua situação de vida e os vários traços psicológicos, emocionais e intelectuais de personalidade com os quais parece ser dotado, visto que ele percebe que esses traços somente podem ser modificados, mas não mudados.

E este pode ser o primeiro passo em direção da saída da ilusão.

Como humanos experimentando a vida na ilusão, lhes é impossível não se sentirem descontentes e desapontados, porque lá no seu fundo a divina Chama do Amor de Deus permanece acesa, por mais que vocês determinadamente tentem apagá-la ou ignorá-la.

Junto com essa Chama inextinguível estão fracas lembranças etéreas e efêmeras, das quais vocês somente têm ligeiros relances – lembranças da Realidade, do seu Lar eterno.

É por isso que a existência humana é desagradável e desapontadora para vocês.

Vocês sabem que a vida deveria ser feliz, e ainda assim todos os esforços para alcançar este estado falha abominavelmente.

E como poderiam não falhar?

Vocês foram criados em Amor para desfrutar o êxtase eterno – mas vocês se esconderam num ambiente insano e imaginário cheio de miséria, dor e sofrimento.

Absolutamente não há um ponto de encontro entre esses dois extremos.

E é claro que a ilusão não existe, não é nada mesmo, portanto não existem dois extremos; somente existe o seu Lar celestial.

Todo o resto é fumaça e reflexos, os quais, por éons, vocês tentam se convencer de que são reais.

Durante os últimos séculos tem crescido uma consciência de que todos, sem exceção, deveriam ser tratados com bondade, sem serem severamente julgados e punidos.

Esta é a mensagem essencial de todas as maiores religiões e filosofias do seu mundo, e ainda assim a maioria das pessoas somente pronuncia esta mensagem enquanto continua a levar vidas insensíveis e egoicas.

Finalmente as guerras e a explosão populacional do século vinte estão atuando como toques de clarim para chamar sua atenção para o incessante comportamento desumano que se tornou endêmico e para a sua responsabilidade de acabar com esse comportamento insensível.

Aqueles de vocês que praticam a bondade em suas vidas diárias – e está aumentando o número de vocês que a praticam – estão experimentando uma nova sensação de paz e satisfação.

Sim, a maioria de vocês se acha incapaz de manter este comportamento constantemente, mas sua consciência de que ele é o único meio são e prático de viver está se estabelecendo firmemente.

E conforme vocês aprenderem a se tratar gentilmente e a se perdoarem por seus erros e más condutas, vocês se verão aceitando e perdoando uns aos outros, e desejando ajudar aqueles que procuram por sua assistência.

A abundante energia divina que atualmente envolve o planeta está facilitando muito para vocês abandonarem sua constante necessidade de julgar – mesmo que seja por pequeno período de tempo – e aumenta mais a sua crescente sensação de paz, já que vocês começam a acreditar que verdadeiramente são filhos amados de Deus.

Quando vocês despertarem do pesadelo, então, é claro, vocês saberão disso.

Seu amoroso irmão, Jesus.

-.-.-.-.o0I.I0o-.-.-.-

Fonte: http://johnsmallman.wordpress.com/

Tradução: SINTESE
http://blogsintese.blogspot.com/

Deixe uma resposta

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s