Meditação do Solstício : Sétimo Passo de um Ciclo de 12 Meditações Globalmente Sincronizadas‏

Olá!
Como estamos agora a entrar na segunda metade deste ciclo de doze meditações globais, até atingir 21 de Dezembro de 2012, que irá ser a maior meditação global jamais organizada, iremos celebrar, colectivamente, o princípio de uma nova era de Paz, Amor e Harmonia, sem precedentes na Terra, convidamos todos a juntar-se ao sétimo passo de uma série de meditações globalmente sincronizadas, designadas para marcar as celebrações dos 12 últimos solstícios e equinócios antes de 21 de Dezembro de 2012, um momento crucial da mudança da era que está a ser reconhecido e proclamado por muitos como sendo o ponto central de mudança para uma Idade Dourada para a Humanidade e para toda a Vida na Terra.
Cada um dos 12 passos ascendentes para o auge desse ponto de mudança faz parte de um acordar gradual e do processo de recordar para reacender em nós todos a sensação sentida profundamente da nossa Unidade com Tudo o Que É, e permitir-nos assim, percorrer um Caminho Dourado de Luz que nos irá conduzir directamente para uma união de consciência com a Fonte da nossa existência.
O padrão central da totalidade deste processo é a compreensão mais profunda e aguda do facto de que a nossa verdadeira natureza é ser uma alma a viver uma experiência física e a aprender as lições de uma vida nova. Para facilitar este reconhecimento de Quem Nós Somos e a integração profunda dentro da verdadeira matriz do nosso próprio sentido deste facto simples, foi anunciado em 21 de Dezembro de 2009 que seriam partilhadas doze Chaves durante as próximas 12 Meditações dos Solstícios e Equinócios para ajudar a avivar a recordação de Quem Nós Somos. A sétimo chave é oferecida a seguir.

Para iniciar ou para manter este processo reformador de auto-conhecimento, sugere-se que, primeiro, atinjam um estado de profundo sincronismo com o aspecto da alma de cada um de vós, fazendo isso segundo um método ou por um período de tempo que seja mais apropriado para vós. Para alcançar a chave que vai incendiar o Momento da Recordação ao mesmo tempo com todas as outras almas que estiverem a participar nesta Meditação globalmente sincronizada, por favor, assegurem-se que alcançaram esse estádio no momento exacto juntamente com todas as outras almas participantes em todo o mundo.

Recomenda-se que durante a vossa meditação preparatória, antes de chegar o momento do auge, percorram lentamente as seis chaves Lembrança que foram dadas até agora, reafirmando …
Eu sou Luz … Eu sou Amor … Eu sou Paz … Eu sou Harmonia … Eu sou Compaixão … Eu sou Perdão … impregnando todo o vosso ser, com todo o espectro de pensamentos-forma e de sentimentos que cada uma dessas chaves sagrada evocam em vós.
Então, começando exactamente quando a Terra está no auge do ciclo deste solstício, às 17:16 UT (14:16 em Terça-feira 21 de Junho em São Paulo, e 18:16 em 21 de Junho em Lisboa), exprimam do coração da vossa alma a seguinte Chave da Recordação …
Eu Sou Gentileza
… e repitam mentalmente ou em voz alta, tantas vezes quanto for necessário, para sentirem que impregnaram a totalidade do vosso ser com a compreensão e o reconhecimento completo desta Realidade inquestionável.
Para aprofundar a vossa compreensão sobre alguns aspectos do que é verdadeiramente a Paz, oferecemos a afirmação a seguir para activar esse processo em vós que talvez as palavras não consigam descrever …
Onde quer que eu esteja, há sempre uma oportunidade que se irá apresentar para mostrar esta qualidade inata com que todas as almas estão dotadas, e que lhes permite expressar o seu Amor através de meios tangíveis, para poder servir os outros melhor e manifestar Quem realmente são. Não importa quão magoado me possa sentir, ao seguir as palavras e as acções enganosas de outras almas em forma humana, devolvo sempre a mesma bondade incondicional com que nasci, e ao fazê-lo, estou realmente a exprimir todas as outras qualidades com que nasci, como sendo um fragmento de Tudo o Que É. A bondade que transpira de mim em tudo o que escolho pensar, dizer ou fazer, que provem do meu coração e da minha alma, é a mesma Bondade infinita que governa e molda todas as actividades dentro desta Realidade Universal criada. Ela está no verdadeiro coração da Fonte Criadora para manifestar o Poder do Amor infinito, através de todas as formas possíveis de expressão da Bondade.
Nota: Se tiverem dificuldade em abranger completamente o sentido do que acabaram de ler, a lembrança a seguir pode ser útil para vós:
Como certamente sabeis se tentardes entrar num estado de meditação profunda depois de ler o material de um tema tal como o mencionado acima, a única maneira de realmente alcançar uma sensação de Unidade profunda vibrante, a nível de alma, não é tentar recordar, enquanto meditais, tudo o que lestes no tema sugerido para esta meditação. Ter simplesmente uma ideia geral disso na vossa mente, habitualmente é tudo o que é necessário. Contudo, se desejardes usar as palavras exactas para as afirmação sugeridas acima, podeis escrevê-las ou imprimi-las num pedaço de papel e lê-las quando estiverdes prontos para fazer isso durante a meditação.
* * * * * * *
Finalmente, quando sentirem que podem voltar à existência normal do seu dia-a-dia, podem concluir esta meditação através da leitura do afirmação seguinte, em voz alta ou dentro do santuário sagrado das vossas almas
Eu sou uma alma
Uma centelha divina do Infinito  
Que deu nascimento a este universo.

Recordo Quem Eu sou
E sirvo o Grande Propósito da Vida
Como Um com o Tudo o Que É.  

Vim para aqui com muitas outras almas
Para ajudar na expansão da Luz
Neste planeta vivo que é a Terra.

Aceito que o Amor
Seja o farol orientador da minha vida
E que irradie o Seu brilho a cada momento.

Eu Sou uma alma
E o único propósito da minha existência
É ser Tudo o Que Eu Sou.

Que assim seja.
… e repetir isto tantas vezes quantas forem necessárias para vos ajudar a recordar e a manter Quem Sois Vós.
* * * * * * *
Esta Meditação do Solstício: Sétimo Passo de um Ciclo de 12 Meditações Globalmente Sincronizadas está arquivada em http://www.earthrainbownetwork.com/FocusArchives/Meditacao21Junho2011.html
Notem, por favor, que várias traduções em breve estarão disponíveis através de http://www.earthrainbownetwork.com/FocusArchives/home.htm
Para rever os passos anteriores deste Ciclo de 12 Meditações Globalmente Sincronizadas, clique AQUI
Para ver a correspondência da vossa hora local com a hora exacta deste solstício de verão (no hemisfério norte) / solstício de inverno (hemisfério sul) às 17 hr 16 min 00 Hora Universal, na próxima Segunda-Feira, de 21 de Junho de 2011, por favor vão a http://www.timeanddate.com/worldclock/fixedtime.html?day=21&month=06&year=2011&hour=17&min=16&sec=0&p1=0amp;p1=0
Se não puderem participar nesta meditação globalmente sincronizada na hora exacta, por favor, façam-no em qualquer outro momento do dia ou desse fim de semana que vos seja mais favorável, e procedam de acordo com o que foi sugerido acima enquanto mentalmente se projectam no momento exacto em que isso está a acontecer no Continuum, sabendo que o tempo é uma ilusão do nosso ponto de vista físico, e que o poder da nossa intenção focada pode facilmente ultrapassar essa ilusão.
Se puderem fazer esta meditação e activarem a recordação na companhia de outras almas – especialmente num lugar sagrado que evoque sentimentos profundos de paz como à beira mar ou noutro santuário sagrado – os seus efeitos serão aumentados em proporção directa ao vortex do Amor, da Luz e da Paz gerados por essas almas reunidas. Se fizerem isso sozinhos ou com outros, estejam cientes que muitas outras almas de outras dimensões de existência estão a partilhar as nossas experiências cada vez que nos dedicamos a momentos tão sagrados de comunhão com Tudo o Que É.
Para descobrir o significado dos solstícios em todas as culturas do mundo, revejam esta entrada sobre solstícios em Wikipedia documentação
* * * * * * *
A Sacralidade da Comunidade de Amor que Somos
Sempre que nos juntamos e nos reunimos em Espírito, para partilhar com outras almas a alegria e a experiência abençoada do Amor que somos, criamos uma ponte de Luz espiritual que nos liga directamente ao coração de cada um dos outros, criando assim uma ligação permanente que nos une e reacende a memória das nossas Origens, quando todos formávamos uma única colectividade conhecida como ‘Fonte Criadora’. A graça e o poder que se desenvolve quando permitimos a nós próprios libertarmo-nos por alguns momentos da ilusão da nossa separação física, não é senão um pálido reflexo do verdadeiro sol resplendente de Luz e Amor, que irradia das nossas almas comungando em reinos invisíveis, e que envolve todo o planeta e brilha através do infinito. Quando fechamos as percepções extremamente intensas dos nossos sentidos físicos, para nos abrirmos mais amplamente para o mundo interior de uma irradiação vibrante que emana da nossa alma, podemos então activar o espectro completo das faculdades e do conhecimento intuitivo, e do conhecimento que percebemos através dos sentidos, que foram fornecidos de maneira inata a todos nós, como fragmentos holográficos do Ser Omniversal, que realmente somos.
Foi mencionado por um sábio visionário, que viveu no Médio Oriente há muitos séculos, que, quando dois ou três se juntarem em nome dele, ele está entre eles. É uma maneira diferente de exprimir a mesma verdade que, quando muitas almas juntam os seus corações para invocar a Presença sagrada que vive em todas as coisas, e comungam em pensamento através de uma vibração amorosa com todas as outras almas que partilham a mesma experiência, essa Presença Crística manifesta-se então, espontaneamente, através de uma adoração amorosa mútua e de uma fusão voluntária de almas que assim se desenvolve. Este padrão de vibração universal, habitualmente denominado Consciência Crística, Consciência Búdica ou Consciência Kríshnica, aqui na Terra, e através de uma infinidade de nomes numa infinidade de outras línguas e pensamentos forma, através deste Universo, é exactamente a mesma vibração de Amor que permeia todos os seres e que mantém a sua manifestação física na existência. O Amor, essa força misteriosa que origina esta bênção maravilhosa que penetra completamente o ser, quando duas ou mais almas comungam juntas, é, na verdade, a força que mantém o Universo unido, aquilo que liga todas as almas ao seu nível mais fundamental, e aquilo que constituiu o comprimento de onda essencial nas altas esfera e nos reinos das vibrações da Criação que estamos destinados a alcançar através da transformação da Ascensão, que se aproxima do auge do ponto de transição para uma dimensão de existência mais alta e mais refinada.
Por isso, sempre que meditem, quer seja sozinhos ou com outros, recordem que existe uma irmandade santa transdimensional, uma reunião de almas em Amor a nível universal, regozijando-se eternamente e cantando em coro, em união, o conhecimento permanente da sua natureza imortal e divina como um com Tudo o Que É. Ficai cientes que sempre fostes e sempre sereis Um com esta Comunidade de Amor, universal e sagrada, e que é da vossa natureza exprimir e Ser este Amor, em tudo o que fazeis e em tudo que sois. Tenham fé em Quem Sois e deixem o vosso Eu brilhar, nunca pensando, dizendo ou fazendo nada que possa magoar outra expressão do vosso Eu, mas exprimindo sempre suavemente a mais articulada gentileza e bondade que flui naturalmente desta Presença amorosa que Tu És, neste reino de existência. Ao fazê-lo e ao sê-lo, ireis contribuir poderosamente para acordar nos outros, o mesmo sentido da sua natureza divina. E não importa por mais esquecidos que eles estejam sobre Quem são. Devagar, mas firmemente, a irradiação amorosa da vossa bondade e Amor irá aquecer as suas almas e tocá-las, tal como a graça despertadora de um sol que se ergue, depois de uma longa noite escura de silêncio, na jornada auto-escolhida de auto-esquecimento que foi necessária para poder apreciar melhor de “onde” vindes e Quem sois, logo que tenhamos conquistado a destruição do nosso próprio medo de saber e de abraçar a Luz do Amor, no coração da nossa Existência Omniversal.
Que a Luz, o Amor, a Paz, a Harmonia, a Compaixão, o Perdão e a Gentileza permaneçam em todos os corações.
Tradução para o português: Maria Luísa Vasconcelos
A VOSSA AJUDA NA DIVULGAÇÃO ATRAVÉS DA NET DURANTE AS PRÓXIMAS SEMANAS SERIA MUITO APRECIADA.

Deixe uma resposta

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s