Meditação do Solstício : Décimo Primeiro Passo de um Ciclo de 12 Meditações Globalmente Sincronizadas‏

Olá!
Como estamos a entrar nos últimos 6 meses deste ciclo de doze meditações globais, até atingir 21 de Dezembro de 2012, que irá ser a maior meditação global jamais organizada, iremos celebrar, colectivamente, o princípio de uma nova era de Paz, Amor e Harmonia, sem precedentes na Terra, convidamos todos a juntar-se ao décimo primeiro passo de uma série de meditações globalmente sincronizadas, designadas para marcar as celebrações dos 12 últimos solstícios e equinócios antes de 21 de Dezembro de 2012, um momento crucial da mudança da era que está a ser reconhecido e proclamado por muitos como sendo o ponto central de mudança para uma Idade Dourada para a Humanidade e para toda a Vida na Terra.
Cada um dos 12 passos ascendentes para o auge desse ponto de mudança faz parte de um acordar gradual e do processo de recordar para reacender em nós todos a sensação sentida profundamente da nossa Unidade com Tudo o Que É, e permitir-nos assim, percorrer um Caminho Dourado de Luz que nos irá conduzir directamente para uma união de consciência com a Fonte da nossa existência.
O padrão central da totalidade deste processo é a compreensão mais profunda e aguda do facto de que a nossa verdadeira natureza é ser uma alma a viver uma experiência física e a aprender as lições de uma vida nova. Para facilitar este reconhecimento de Quem Nós Somos e a integração profunda dentro da verdadeira matriz do nosso próprio sentido deste facto simples, foi anunciado em 21 de Dezembro de 2009 que seriam partilhadas doze Chaves durante as próximas 12 Meditações dos Solstícios e Equinócios para ajudar a avivar a recordação de Quem Nós Somos. A décimo primeiro chave é oferecida a seguir.

Para iniciar ou para manter este processo reformador de auto-conhecimento, sugere-se que, primeiro, atinjam um estado de profundo sincronismo com o aspecto da alma de cada um de vós, fazendo isso segundo um método ou por um período de tempo que seja mais apropriado para vós. Para alcançar a chave que vai incendiar o Momento da Recordação ao mesmo tempo com todas as outras almas que estiverem a participar nesta Meditação globalmente sincronizada, por favor, assegurem-se que alcançaram esse estádio no momento exacto juntamente com todas as outras almas participantes em todo o mundo.

Recomenda-se que durante a vossa meditação preparatória, antes de chegar o momento do auge, percorram lentamente as seis chaves Lembrança que foram dadas até agora, reafirmando …

Eu Sou Amor … Eu Sou Luz … Eu Sou Paz … Eu Sou Harmonia … Eu Sou Compaixão … Eu Sou Perdão … Eu Sou Bondade … Eu Sou Misericórdia … Eu sou Cura … Eu sou Alegria … impregnando todo o vosso ser, com todo o espectro de pensamentos-forma e de sentimentos que cada uma dessas chaves sagrada evocam em vós.
Então, começando exactamente quando a Terra está no auge do ciclo deste solstício, às 23:09 UT (20:09 em quarta-feira 20 de Junho em São Paulo, e 01:09 em quinta-feira 21 de Junho em Lisboa), exprimam do coração da vossa alma a seguinte Chave da Recordação …
Eu Sou Felicidade
… e repitam mentalmente ou em voz alta, tantas vezes quanto for necessário, para sentirem que impregnaram a totalidade do vosso ser com a compreensão e o reconhecimento completo desta Realidade inquestionável.
Para aprofundarem a vossa compreensão sobre alguns aspectos do que é verdadeiramente a Felicidade, oferecemos a afirmação a seguir para activar esse processo em vós que talvez as palavras não consigam descrever Š
Estou a derreter a partir do interior, fundindo-me com a perfeita expressão da Graça que Eu Sou, rendendo-me ao fluxo esplendoroso do Amor que permeia cada aspecto simples da totalidade do meu ser, elevando-me até ao auge da Unidade absoluta pois que todo o todo o sentido residual de separação de Tudo o Que É desaparece, encantado com a felicidade infinita que me invade. Estou profundamente comovido pela beleza indescritível que brilha das profundezas da minha alma e profundamente em paz, em serenidade contemplativa e absolutamente calma, como se o Universo inteiro estivesse a suster a respiração para me ajudar a permanecer centrada neste momento sagrado de êxtase gracioso. Sendo Felicidade, partilhando a Felicidade com Todos, recebendo Felicidade de Todos, é o acto de Amor máximo, porque nada em todo o Universo permanece sem ser tocado por esta experiência sublime que irradia através de mim até ao infinito. Ser Felicidade, partilhar Felicidade com Todos, receber Felicidade de Todos é a acção transcendente do Amor, porque nada em todo o Universo permanece sem ser afectado por esta experiência sublime que irradia através de mim até ao infinito. As palavras e os conceitos apenas tocam fugazmente a periferia, mal aludindo à santidade insondável que realmente é ser Felicidade. Somente o Homem que foi cego durante toda a sua vida e a quem, subitamente, num dia de sol esplendoroso, foi dada a Felicidade de ver o lugar mais belo da Terra, pode perceber como é alcançar um estado perfeito de Felicidade Cósmica. Mas na Verdade, cada alma é dotada da mesma dádiva de Felicidade e tem apenas de render-se ao Amor para alcançá-la.
Nota: Se tiverem dificuldade em abranger completamente o sentido do que acabaram de ler, a lembrança a seguir pode ser útil para vós:
Como certamente sabeis se tentardes entrar num estado de meditação profunda depois de ler o material de um tema tal como o mencionado acima, a única maneira de realmente alcançar uma sensação de Unidade profunda vibrante, a nível de alma, não é tentar recordar, enquanto meditais, tudo o que lestes no tema sugerido para esta meditação. Ter simplesmente uma ideia geral disso na vossa mente, habitualmente é tudo o que é necessário. Contudo, se desejardes usar as palavras exactas para as afirmação sugeridas acima, podeis escrevê-las ou imprimi-las num pedaço de papel e lê-las quando estiverdes prontos para fazer isso durante a meditação.
* * * * * * *
Finalmente, quando te sentires pronto para regressar à tua existência normal de todos os dias, podes concluir esta meditação lendo o seguinte, alto ou dentro do santuário sagrado da tua alma Š
Eu sou uma alma
Uma centelha divina do Infinito
Que deu nascimento a este Universo.

Eu recordo Quem sou
E sirvo o Grande Propósito da Vida
Como Um com Tudo o Que é.

Vim aqui com muitas outras almas
Para ajudar na expansão da Luz
Neste vivo planeta Terra.

Eu aceito deixar o Amor
Ser o farol orientador da minha vida
E irradiar o Seu brilho em todos os momentos.

Eu sou uma alma
E o único propósito da minha existência
É ser Tudo o Que Sou.

Assim seja.
Š e usa o acima mencionado tantas vezes quanto necessário para recordar e reafirmar Quem Tu És.
* * * * * * *
Meditação do Solstício: Décimo Primeiro Passo de um Ciclo de 12 Meditações Globalmente Sincronizadas está arquivada em http://www.EarthRainbowNetwork.com/FocusArchives/Meditacao20Junho2012.html
Notem, por favor, que várias traduções em breve estarão disponíveis através de http://www.earthrainbownetwork.com/FocusArchives/home.htm
Para rever os passos anteriores deste Ciclo de 12 Meditações Globalmente Sincronizadas, clique AQUI.

Para rever os sete Chaves da Recordação já propostos estão disponíveis em um documento do Word que pode ser baixado através do

Para ver a correspondência da vossa hora local com a hora exacta deste solstício de verão (no hemisfério norte) / solstício de inverno (hemisfério sul) às 23:09 Hora Universal, na próxima 20:09 em quarta-feira 20 de Junho em São Paulo, e 01:09 em quinta-feira 21 de Junho em Lisboa, por favor vão a http://www.timeanddate.com/worldclock/fixedtime.html?day=20&month=06&year=2012&hour=23&min=09&sec=0&p1=0amp;p1=0
Se não puderem participar nesta meditação globalmente sincronizada na hora exacta, por favor, façam-no em qualquer outro momento do dia ou desse fim de semana que vos seja mais favorável, e procedam de acordo com o que foi sugerido acima enquanto mentalmente se projectam no momento exacto em que isso está a acontecer no Continuum, sabendo que o tempo é uma ilusão do nosso ponto de vista físico, e que o poder da nossa intenção focada pode facilmente ultrapassar essa ilusão.

Se puderem fazer esta meditação e activarem a recordação na companhia de outras almas – especialmente num lugar sagrado que evoque sentimentos profundos de paz como à beira mar ou noutro santuário sagrado – os seus efeitos serão aumentados em proporção directa ao vortex do Amor, da Luz e da Paz gerados por essas almas reunidas. Se fizerem isso sozinhos ou com outros, estejam cientes que muitas outras almas de outras dimensões de existência estão a partilhar as nossas experiências cada vez que nos dedicamos a momentos tão sagrados de comunhão com Tudo o Que É.

* * * * * * *
Preparando-se para Outro Momento de Felicidade Colectiva
Por um momento, imaginem o potencial de manifestação de Luz que há, quando milhares de milhares de almas estão em sintonia, para lá da ilusão da matéria e do tempo, para irradiar como Uma, como as estrelas brilhantes, energias potentes e pensamentos de Amor, Luz, Paz, Harmonia, Compaixão, Perdão, Bondade, Misericórdia, Cura, Alegria e Felicidade. As palavras não podem senão aludir ao que realmente acontece em tais momentos mágicos.
Logo que nos seja possível atingir um certo nível de radiação de Amor e sentir que estamos todos ligados através de um poderoso vórtex cósmico de Luz, usando-nos como canais para ancorar e promover um nível de Amor maior na Terra, podemos momentaneamente dirigir a nossa atenção para as outras almas que sabemos estar simultaneamente a meditar connosco e, telepaticamente, exprimirmos o Amor que sentimos por todas elas, enquanto sentimos as ligações de coração a coração, unindo-nos todos como Um.
Também podemos abrir a nossa mente ao fluxo espiritual da visão e da orientação interna que está a fluir, enquanto irradiamos globalmente vibrações de Paz, Cura e Amor que se expandem através de nós como um feixe deslumbrante do verdadeiro centro do nosso Ser – Um com inúmeros outros Seres, se bem que únicos em todo este Universo. Pode ser sentida uma Presença Poderosa quando o Amor nos permeia, tornando-nos Um com esta Realidade difícil de exprimir e que as palavras humanas podem apenas distorcer e mal interpretar.
As sensações de formigueiro, nestes momentos de Unidade absoluta, podem ser descritas como cristais de Felicidade a fluir, de surtos de Irradiação cintilante e de fontes brilhantes de Luz. Durante tais momentos de Felicidade colectiva, a Presença que reside em nós, pode então revelar Quem Realmente Somos. A sensação de realização, alegria e êxtase sentidas, dão um significado novo e inteiramente diferente à nossa existência, quando nos aproximamos do momento em que estaremos prontos para receber a Revelação Suprema e entrar no santuário da Felicidade Infinita.
Que todos possamos alcançar do Interior o Pináculo do Amor que é o destino derradeiro da nossa Jornada CósmicaŠ
* * * * * * *
Se desejar receber os próximos passos deste ciclo de 12 meditações globalmente sincronizadas como também as Meditações Focadas mensais, envie um email para globalvisionary@earthrainbownetwork.com com a frase “I want to receive the Meditation Focuses in Portuguese” (Quero receber os Focos Meditação em Português) no campo de assunto do vosso email.
Para informação complementar, por favor torne a ver o material postado por Global Meditation Focus Group em http://www.earthrainbownetwork.com/FocusArchives/home.htm
A VOSSA AJUDA NA DIVULGAÇÃO ATRAVÉS DA NET DURANTE AS PRÓXIMAS SEMANAS SERIA MUITO APRECIADA.
Anúncios

Meditação do Solstício : Nono Passo de um Ciclo de 12 Meditações Globalmente Sincronizadas‏

AVISO IMPORTANTE
Por favor tome nota que na sexta-feira, 23 de Dezembro, vai receber um convite importante para participar numa série especial de meditações semanais, que irão substituir em 2012 a meditação focada que regularmente e durante os últimos 11 anos foram emitidas, começada com o “Meditation Focus # 1“, enviada em 28 de Abril de 2000. Esta série vai incluir 12 anos de serviço dedicado como uma contribuição para o despertar agora, espalhando pelo mundo uma consciência cada vez maior sobre a nossa verdadeira natureza espiritual como almas imortais, actuando conjuntamente como canais para receber, converter, e irradiar, dentro da consciência colectiva da humanidade, a consciência cada vez maior da nossa essência e unidade espiritual com Tudo O Que É. Durante um período de 52 semanas, culminando com o clímax final em 21 de Dezembro de 2012, receberá todas as segundas-feiras um tema de meditação novo, concebido para proporcionar uma oportunidade para recapitular as chaves essenciais do despertar e os conceitos explorados ao longo dos últimos oito anos.
2012 será um Ano de Apocalipse, um ano para transcender e ascender… Embora a promessa e a visão emergente de uma Idade de Ouro na Terra possa parecer um sonho nebuloso para muitos, há uma metáfora que pode ajudar a criar uma visão orientadora do que está por vir. A ideia de um avião quebrando a barreira do som já foi pensada como um feito impossível. No entanto, contra todas as probabilidades, este desafio foi alcançado. Temos agora a oportunidade, no próximo ano, para aprender a ultrapassar as restantes “Barreiras de Crença” que ainda possamos ter, de modo a co-manifestar realmente a iminente Idade de Ouro. Desde que colectivamente se utilize esse objectivo, como foco necessário da alma podemos ter certeza de que esse desafio será também conseguido.
Aqui está agora o material para a próxima global Meditação do Solstício…


Olá!
Como estamos agora a entrar en los últimos 12 meses deste ciclo de doze meditações globais, até atingir 21 de Dezembro de 2012, que irá ser a maior meditação global jamais organizada, iremos celebrar, colectivamente, o princípio de uma nova era de Paz, Amor e Harmonia, sem precedentes na Terra, convidamos todos a juntar-se ao noveno passo de uma série de meditações globalmente sincronizadas, designadas para marcar as celebrações dos 12 últimos solstícios e equinócios antes de 21 de Dezembro de 2012, um momento crucial da mudança da era que está a ser reconhecido e proclamado por muitos como sendo o ponto central de mudança para uma Idade Dourada para a Humanidade e para toda a Vida na Terra.
Cada um dos 12 passos ascendentes para o auge desse ponto de mudança faz parte de um acordar gradual e do processo de recordar para reacender em nós todos a sensação sentida profundamente da nossa Unidade com Tudo o Que É, e permitir-nos assim, percorrer um Caminho Dourado de Luz que nos irá conduzir directamente para uma união de consciência com a Fonte da nossa existência.
O padrão central da totalidade deste processo é a compreensão mais profunda e aguda do facto de que a nossa verdadeira natureza é ser uma alma a viver uma experiência física e a aprender as lições de uma vida nova. Para facilitar este reconhecimento de Quem Nós Somos e a integração profunda dentro da verdadeira matriz do nosso próprio sentido deste facto simples, foi anunciado em 21 de Dezembro de 2009 que seriam partilhadas doze Chaves durante as próximas 12 Meditações dos Solstícios e Equinócios para ajudar a avivar a recordação de Quem Nós Somos. A noveno chave é oferecida a seguir.
Para iniciar ou para manter este processo reformador de auto-conhecimento, sugere-se que, primeiro, atinjam um estado de profundo sincronismo com o aspecto da alma de cada um de vós, fazendo isso segundo um método ou por um período de tempo que seja mais apropriado para vós. Para alcançar a chave que vai incendiar o Momento da Recordação ao mesmo tempo com todas as outras almas que estiverem a participar nesta Meditação globalmente sincronizada, por favor, assegurem-se que alcançaram esse estádio no momento exacto juntamente com todas as outras almas participantes em todo o mundo.
Recomenda-se que durante a vossa meditação preparatória, antes de chegar o momento do auge, percorram lentamente as seis chaves Lembrança que foram dadas até agora, reafirmando …
Eu Sou Amor … Eu Sou Luz … Eu Sou Paz … Eu Sou Harmonia … Eu Sou Compaixão … Eu Sou Perdão …  Eu Sou Bondade … Eu Sou Misericórdia … impregnando todo o vosso ser, com todo o espectro de pensamentos-forma e de sentimentos que cada uma dessas chaves sagrada evocam em vós.
Então, começando exactamente quando a Terra está no auge do ciclo deste solstício, às 05:30 UT el jueves, 22 de Dezembro, (03:30 em em São Paulo, e 05:30 em Lisboa), exprimam do coração da vossa alma a seguinte Chave da Recordação …

Eu sou Cura
 
… e repitam mentalmente ou em voz alta, tantas vezes quantas forem necessárias para sentirem que impregnaram a totalidade do vosso ser com a compreensão e o reconhecimento completo desta Realidade inquestionável.

Para aprofundarem a vossa compreensão sobre alguns aspectos do que é verdadeiramente a Paz, oferecemos a afirmação a seguir para activar esse processo em vós que talvez as palavras não consigam descrever Š

Quando abro o meu coração para o pleno poder do Amor Universal, a minha atenção permanece focada no Amor e eu torno-me uma fonte de Cura banhando com essa energia abençoada e de inata perfeição a tudo e a todos. O amor é e sempre foi a melhor Fonte de cura, porque tem o poder de orientar o que ficou fora de equilíbrio de volta à harmonia perfeita e ao equilíbrio sincrónico. Não há outra tarefa, missão ou maior serviço do que oferecer a cura que Eu Sou a todos que a pedem, a única exigência necessária é o pedido que cada um deve fazer para permitir que o processo de cicatrização comece. Quando se entra no reino da Cura Sagrada, é como entrar num templo sagrado numa dimensão mais rarefeita. Nesse momento, a alma vibra numa frequência mais elevada, a maior que pode ter, a vibração do êxtase do Amor, a Força Omniversal que criou tudo e a qual pode instantaneamente reiniciar o estado de Saúde Perfeita na alma que realmente sabe, e não apenas acredita, que a cura já tomou o seu lugar. Eu sou a Fonte de toda Cura, e como tal Eu Sou um vivo instrumento Universal de Cura, amando e curando através de mim.
Nota: Se tiverem dificuldade em abranger completamente o sentido do que acabaram de ler, a lembrança a seguir pode ser útil para vós:

Como certamente sabeis se tentardes entrar num estado de meditação profunda depois de ler o material de um tema tal como o mencionado acima, a única maneira de realmente alcançar uma sensação de Unidade profunda vibrante, a nível de alma, não é tentar recordar, enquanto meditais, tudo o que lestes no tema sugerido para esta meditação. Ter simplesmente uma ideia geral disso na vossa mente, habitualmente é tudo o que é necessário. Contudo, se desejardes usar as palavras exactas para as afirmação sugeridas acima, podeis escrevê-las ou imprimi-las num pedaço de papel e lê-las quando estiverdes prontos para fazer isso durante a meditação.

* * * * * * *
Esta Meditação do Solstício: Noveno Passo de um Ciclo de 12 Meditações Globalmente Sincronizadas está arquivada em http://www.earthrainbownetwork.com/FocusArchives/Meditacao22Dezembro2011.htm
The original English version is archived at http://www.EarthRainbowNetwork.com/FocusArchives/December222011Meditation.htm

Notem, por favor, que várias traduções em breve estarão disponíveis através de http://www.earthrainbownetwork.com/FocusArchives/home.htm

Para rever os passos anteriores deste Ciclo de 12 Meditações Globalmente Sincronizadas, clique AQUI.

Para rever os sete Chaves da Recordação já propostos estão disponíveis em um documento do Word que pode ser baixado através do

Para ver a correspondência da vossa hora local com a hora exacta deste solstício de inverno às 05:30 Hora Universal, de 22 de Dezembro de 2011, por favor vá a http://www.timeanddate.com/worldclock/fixedtime.html?day=22&month=12&year=2011&hour=05&min=30&sec=0&p1=0amp;p1=0
Se não puderem participar nesta meditação globalmente sincronizada na hora exacta, por favor, façam-no em qualquer outro momento do dia ou desse fim de semana que vos seja mais favorável, e procedam de acordo com o que foi sugerido acima enquanto mentalmente se projectam no momento exacto em que isso está a acontecer no Continuum, sabendo que o tempo é uma ilusão do nosso ponto de vista físico, e que o poder da nossa intenção focada pode facilmente ultrapassar essa ilusão.
Se puderem fazer esta meditação e activarem a recordação na companhia de outras almas – especialmente num lugar sagrado que evoque sentimentos profundos de paz como à beira mar ou noutro santuário sagrado – os seus efeitos serão aumentados em proporção directa ao vortex do Amor, da Luz e da Paz gerados por essas almas reunidas. Se fizerem isso sozinhos ou com outros, estejam cientes que muitas outras almas de outras dimensões de existência estão a partilhar as nossas experiências cada vez que nos dedicamos a momentos tão sagrados de comunhão com Tudo o Que É.
Para descobrir o significado dos equinócios em todas as culturas do mundo, revejam esta entrada sobre solstícios em Wikipedia documentação.
* * * * * * *

A Cura Dentro do Núcleo da Nossa Alma
 “Curar” é apenas uma palavra chique para o amor e na verdade só o Amor cura. Curar-Amor é a energia que sustenta toda a Criação. Ela flui para dentro e para fora quando todos naturalmente experienciam o estado harmónico em todas as partes do ser: físico, mental, emocional e espiritual. Por outras palavras, estamos nesse estado, quando nos amamos a nós mesmos e aos outros assim como somos. Para permanecer nesse estado é preciso uma dedicação incansável e uma consciência infinita, momento a momento, pois todos, sem excepção, em algum momento necessitamos de cura. Cada pensamento, sentimento, palavra ou acção que sai deste estado harmónico, simplesmente bloqueia a Cura-Amor que flui completamente para dentro e através de nós, mantendo-nos juntos. Se esses pensamentos imprevistos, sentimentos, palavras ou acções se tornam um hábito ou um padrão, não estamos conscientes de que podem começar um grave e crescente deficit de energia e, como consequência, a doença pode chegar primeiro ao nosso corpo mais fino, o etérico, passando depois para as camadas mais densas e física do nosso ser.
Uma vez que começamos a aceitar que somos feitos de pura energia, precisamos de integrar plenamente a magia que realmente existe em nós, como seres humanos. Quando a doença nos atinge, não importa a forma que pode tomar, somos confrontados com a inescapável responsabilidade de conectar os pontos dos padrões de pensamento-sentimento-palavra-acção que provocaram essa realidade transitória.
Aqueles que são bons em quebrar os seus próprios hábitos e padrões irreflectidos e curar-se sem qualquer ajuda externa, podem também procurar ajuda de um terapeuta espiritual para aumentar e acelerar todo o processo, sendo isso ao mesmo tempo uma ajuda para se manterem no caminho. Um verdadeiro curador sabe que a cura não é apenas transmitir energia para os outros, mas acima de tudo, conseguir que percebam e confiem nas próprias habilidades de cura, no seu próprio poder interior, cujos códigos sagrados, para estarem totalmente operacionais, precisam da infusão do Amor para recuperar o seu estado natural e harmonioso de ser.
Lembre-se sempre e repita frequentemente para si mesmo: Eu sou Amor… Reprograme essa grande Verdade em todas as células, que se esqueceram do seu dever e começaram a obedecer aos comandos inconscientes de uma não-consciência. Comande com plena consciência a sua Divina Presença, para se reconectar e reactivar todos os Códigos de Perfeição Divina dentro de todas as camadas espiritual, mental, emocional e física do seu ser, de modo que tudo que você pensa, sente, diz ou faz seja a vontade de ser e permanecer em perfeita ordem divina.
Repita muitas vezes as seguintes afirmações de cura, e saiba que a cura é essencialmente um estado de ser. Saber isto profundamente dentro de si irá ajudá-lo a ser novamente o que realmente é
Eu Sou Amor…
Eu Sou Luz…
Eu Sou Paz…
Eu Sou Harmonia…
Eu Sou Compaixão…
Eu Sou Perdão…
Eu Sou Bondade…
Eu Sou MisericórdiaŠ
Eu Sou Cura…
Eu Sou divinamente amado, protegido, guiado, curado como é previsto…
Tudo está a manifestar-se se na minha vida, em todos e em tudo, em todos os lugares, exactamente como deve ser, de acordo com o Grande Plano Divino…
Eu entrego o medo e o meu ego, e escolho confiar na minha Presença Divina…
A minha doença é apenas um reflexo da minha falta de amor por mim e pelos outros, e como eu aprendo a amar-me a mim mesmo e aos outros, eu deixo ir o que já não me serve…
Eu abro-me para receber os presentes da Vida que flui no meu ser…
Eu escolho a vida…
Eu escolho curar…
E assim é.

* * * * * * *
Para informação complementar, por favor tone a ver o material postado por Global Meditation Focus Group em http://www.earthrainbownetwork.com/FocusArchives/home.htm
A VOSSA AJUDA NA DIVULGAÇÃO ATRAVÉS DA NET DURANTE AS PRÓXIMAS SEMANAS SERIA MUITO APRECIADA.

Lembrete para Meditação de Solstício de 21 de junho


Olá!
Como você deve ter notado no material recém-lançado…
Meditação do Solstício: Sétimo Passo de um Ciclo de 12 Meditações Globalmente Sincronizadas http://www.EarthRainbowNetwork.com/FocusArchives/Meditacao21Junho2011.html
… temos a oportunidade de unir coração e mente com os milhares de pessoas presentes ao mesmo tempo, nesta comunhão de almas vasta, terça-feira, 21 de junho próximo. Para aqueles que desejam relirent antes ou durante o seu período de meditação em preparação para o clímax do solstício, a sete Chaves da Recordação já propostos estão disponíveis em um documento do Word que pode ser baixado através do
Eles também são incluídos no final deste e-mail.
——-
TEXTO SUGERIDO PARA UMA MELHOR COMPREENSÃO DO TEMA
O conceito de uma comunidade Universal de Amor, à qual todos os anjos e almas altamente desenvolvidas pertençam conscientemente, foi dado durante a meditação para este solstício e para a Meditação Focada actual. O simples facto de saber da existência desta Irmandade/Congregação de Almas permite uma sintonização mais fácil com ela, a nível de alma, através da força do Amor.
Este texto – ASacralidade da Comunidade de Amor Que Somos – para alguns, pode parecer precisamente um agregado de palavras sem sentido, mas revela a realidade Chave que se irá tornar, durante os séculos e milénios vindouros, a fundação do sentimento de Amor a acontecer todos os dias e que todas as Almas irão experimentar na 4ª e na 5ª dimensão na Terra. A semente dos pensamentos-formas para a compreensão e, em última instância, para a experiência directa pessoal da vibração deste Campo de Amor, necessita ser semeada AGORA na consciência colectiva da Humanidade, através de um conhecimento consciente do maior número de pessoas possível, graças à intercessão, ou por intermédio desta meditação global do Solstício, e de outros canais semelhantes. O trabalho de rede que acompanha a sementeira desses pensamentos-formas, pode ajudar a trazer mais almas para a compreensão profunda desta Realidade, enquanto estão em meditação profunda – que é na realidade o objectivo de tudo isto. As palavras e as ideias são apenas um estratagema, uma ponte, uma Chave Mental para aceder ao tesouro interno de Amor abençoado que podemos descobrir no nosso Interior. O genuíno é quando as pessoas realmente experimentam isso numa extensão espantosa, e através de uma poderosa bênção de Amor, de tal modo, que isso se torna para elas, a base e fundamento da Realidade.
Nós Somos Um Š Nós Somos esta Comunidade Universal de Amor Š Nós Somos a Força do Amor Universal que se Ama a si própria — tal como quando somos auto conscientes do nosso conhecimento, necessitamos agora de Incarnar/ser auto-Amorosos do Amor Que Nós Somos – como Um com Tudo o Que É. E tudo o resto irá emanar daqui. Iremos reconhecer neles esta mesma vibração, quando finalmente encontrarmos a nossa família do espaço e de outras dimensões – Um Acontecimento global de mudança de paradigma/padrão que irá acontecer apenas quando, finalmente, tivermos atingido um conhecimento suficientemente profundo desta Realidade universal e atingido uma expansão suficientemente forte do campo do Amor interno da nossa alma. Esta é a condição primordial para nos reunirmos à comunidade Cósmica exterior de civilizações evoluídas: primeiro, temos de consolidar aqui na Terra a vibração do Amor que permeia esta Irmandade Universal de Almas e, deste modo, ser a Mudança pela qual rezamos, para a poder ver acontecer no mundo.
——-
Sete Primeiros Chaves da Recordação
Eu Sou Amor
Nada existe sem ele. O Amor é o Poder Criativo na origem de Tudo o Que É. Nada cresce e respira sem ele. Onde há Amor, há Vida e expansão. Onde não há, há morte e contracção. Cada simples inspiração que faço é um puro acto de Amor porque permite que o verdadeiro Fluir da Vida entre no meu corpo e sustente a sua existência. Compreender o poder criativo puro do Amor manifestado através de mim, e através de toda a diversidade abundante da Vida a que tudo está intrincadamente ligado, é a Chave para recordar plenamente Quem Eu Sou, como Um com Tudo o Que É. Assumir a minha linhagem universal exprimida do núcleo central da minha alma Eu sou Amor é também reconhecer, honrar e dar poder à verdadeira essência de Quem Nós Somos como Um com Tudo o Que É – reconhecimento subentendido de que o “Eu,” que assume isto, é o Ser Omniversal do qual todos nos originamos, com o qual partilhamos a existência, e para o qual todos regressamos eternamente.
Eu Sou Luz
Do Amor vem a Luz que traz o conhecimento de tudo o que é para Tudo o Que É. Na Sua expansão infinita do Ponto da Fonte onde o Amor e a Luz foram exprimidos a primeira vez, a Luz do Amor traz com ela, onde quer que Ela brilhe, a Ordem Criativa da Manifestação. O Amor é o Alfa e a Luz é o Ómega. Tal como o Amor traz à existência a Presença Sensível que permaneceu não manifestada até à Sua explosão de Luz, a Luz traz esta Presença Omniversal para um foco de existência ainda mais agudo. Ao proclamar a minha essência inata de Luz, a mesma que brilha através de tudo o que é, Eu proclamo Quem Eu Sou à Força Universal do Amor em mim e aceito a oferta matrimonial da concepção da expressão cada vez mais refinada de Tudo o Que É. Torno-me literalmente na Luz da Fonte do Criador concebendo tudo de novo, no meu nível microcósmico, na Realidade Universal de todos os reinos dimensionais de manifestação e agindo para fora da Sua vontade criativa infinita para Ser através de tudo que Eu Sou.
Eu Sou Paz
Antes da Minha primeira Ordem de Criação, Tudo o Que Sou era Paz, uma Paz tão profunda, tão eterna, tão completamente cheia de Graça que nenhum conceito humano possivelmente pode exprimir esse estado infinito de Graça, inundado de Amor e Luz ainda não manifestados. Esse mesmo estado de Paz absoluta está enraizado, eternamente, na verdadeira essência do Eu Sou, e desde esse momento em todo o Continuum abrangente de tudo o que foi, é e será continuado, a ser uma expressão viva daquele estado de Paz cheia de graça. Reconhecer este facto neste preciso momento é reactivar, uma vez mais, o poder que permanece no coração da Paz, um poder tão universal e tão majestoso que pode curar tudo o que o Meu Amor abraça e tudo o que a minha Luz toca. Quando Eu Estou totalmente a permitir que o Poço da Paz flua dentro de mim como uma fonte transbordante de pura energia, Eu estou completamente purificado de qualquer pensamento perturbador e desejo efémero que pudesse perturbar a quietude da minha consciência que me permite saber Quem Eu Sou, agir e SER como tal.
Eu Sou Harmonia
Como tudo na natureza onde o equilíbrio inato de todas as coisas ainda prevalece, há uma parte de mim que permaneceu perfeitmente equilibrada, nutrida pela paz inexplicável das minhas origens e pela Luz do Amor que irrdia perpetuamente através de mim.Como uma enorme sinfonia de sons e rítmos harmoniosamente combinados, a Força que floresce em mim e através de mim é a mesma Força Universal que, por fim, traz sincronicidade equilibrada e harmoniosa a tudo o que existe, em todas as dimensões. Sou uma expressão perfeitamente equilibrada da música da Vida que está a ser tocada através de mim, como em tudo o mais, pelo Director Omniversal que escreveu a música de todas as coisas, visíveis e invisíveis, tocadas conscientemente ou não, pois de outro modo nada do que é, seria. Ofereço cada momento da minha existência consciente para exprimir o equilíbrio inato da Harmonia perfeita que Eu Sou.
Eu Sou Compaixão
Sempre que ouço, vejo ou sinto que outra alma está numa situação de necessidade, reconheço imediatamente essa necessidade como uma oportunidade para deixar a Luz do Amor fluir através de mim e orientar-me sobre a melhor maneira de ajudar essa outra expressão do Eu infinitamente facetado que Eu Sou, como Um com tudo O Que É. Aquilo que afecta o mais pequeno aspecto do que Eu Sou, afecta-me a mim e, por isso, é completamente natural que eu sinta instantaneamente uma chamada interior a que deva responder. Não é porque as outras almas façam parte de uma família humana mais alargada à qual pertenço. Simplesmente é porque tudo o que existe é uma expressão, exprimida como um ser vivo ou um objecto inanimado, do que Eu Sou, como parte de Tudo o Que É. Compreender verdadeiramente essa Realidade Omniversal é o que dá sensação de Compaixão que experimento sempre que tenho uma relação com outros aspectos de Quem Eu Sou. Assim sendo, reconheço esta relação inata que me liga aos meus irmãos e irmãs em forma humana, e com todas as outras expressões animais, vegetais e minerais de Quem Eu Sou e é a fundação sobre a qual, e a percepção através da qual, a totalidade da minha vida é experimentada.
Eu Sou Perdão
Enquanto permanecer ligado à realidade física, a minha Perfeição inata não pode brilhar através da minha forma humana sem ser desvirtuada por ideias concebidas de forma doentia, hábitos disfuncionais e percepções distorcidas, que são tão predominantes neste plano de existência terrena. O mesmo aplica-se a todos os outros fragmentos da Realidade Omniversal a viver uma experiência física. Assim, posso entender perfeitamente que, enquanto permanecer neste estado de limitação, não serei capaz de ver a Perfeição em mim próprio e nos outros. Além disso, se conseguisse ver a mim mesmo e aos outros durante um momento, através dos olhos da Fonte Criadora, iria compreender imediatamente que, apesar de muitas escolhas ‘más’ que eu e outras almas pareçamos fazer, não há absolutamente nada que possa embaciar a gema de cristal do fragmento da alma de Tudo que Eu Sou. A partir desta perspectiva, e por esta razão, é totalmente natural permitir que o Perdão permaneça no meu coração, não obstante o nível de imperfeição que algumas escolhas possam representar, elas irão desvanecer-se no momento em que eu veja e ame quem eu sou pelo Que Eu Sou, como Um com cada Um.
Eu Sou Bondade
Onde quer que eu esteja, há sempre uma oportunidade que se irá apresentar para mostrar esta qualidade inata com que todas as almas estão dotadas, e que lhes permite expressar o seu Amor através de meios tangíveis, para poder servir os outros melhor e manifestar Quem realmente são. Não importa quão magoado me possa sentir, ao seguir as palavras e as acções enganosas de outras almas em forma humana, devolvo sempre a mesma bondade incondicional com que nasci, e ao fazê-lo, estou realmente a exprimir todas as outras qualidades com que nasci, como sendo um fragmento de Tudo o Que É. A bondade que transpira de mim em tudo o que escolho pensar, dizer ou fazer, que provem do meu coração e da minha alma, é a mesma Bondade infinita que governa e molda todas as actividades dentro desta Realidade Universal criada. Ela está no verdadeiro coração da Fonte Criadora para manifestar o Poder do Amor infinito, através de todas as formas possíveis de expressão da Bondade.