O QUE É A “GRANDE FRATERNIDADE BRANCA”???

O QUE É A “GRANDE FRATERNIDADE BRANCA” ?

É a fraternidade hierárquica celestial, composta dos seres etéreos de Luz, unidos ao UM. Os Elohim, os Arcanjos, os Anjos, os Santos e Sábios Mestres Ascensos que são os Filhos de Deus já Ascensos na Luz, e unidos ao Espírito do Deus vivente e que formam os exércitos do Senhor, e também os 144.000 seres de Vênus que se juntaram ao amado Sanat Kumara para libertar a terra das trevas.

Fazem também parte da Grande Fraternidade Branca, chelas dos Mestres Ascensos que não atingiram a ascensão, indivíduos que lutam para ajudar a evolução das almas da Terra a encontrarem o caminho da luz.


O objetivo desta fraternidade é manter acesa a chama da sabedoria, do amor e do poder de Deus na Terra, a Chama Trina.

Ensinando ao discípulo os ensinamentos esotéricos dos Mestres Ascensos, um estudo sério sobre os mistérios do nosso planeta e do universo que nos cerca.

É o estudo dos mistérios de Deus. É uma ciência para aqueles que “estão prontos” para recebê-la, os que amam a verdade, os místicos, aqueles que anseiam uma aproximação maior com o Criador.

Esta é a hora destes ensinamentos serem compreendidos por muitos, a grande hora do conhecimento quando muitos estão preparados para recebê-lo.

Na Grécia antiga por exemplo, eram famosas as escolas de mistérios, como a de Eleusis, onde estudantes levavam anos para aprender o que atualmente esta aberto para todos.

Desde a expulsão do homem e da mulher do jardim do éden, (a escola de mistérios do Senhor Maitreya, simbolizando a consciência pura de Deus: e-don, significando a sabedoria divina, ou o Domínio do Elohim.), devido ao mal uso do Fogo Sagrado na aplicação incorreta do livre arbítrio, a Grande Fraternidade Branca, tem mantido escolas de mistérios, ou retiros espirituais que atuam como repositórios para o conhecimento do fogo sagrado que é outorgado às chamas gêmeas, quando estas demonstram a disciplina necessária para se manterem no caminho da arvore da vida.

A Grande Fraternidade Branca, patrocinou as escolas de mistérios na Lemúria e na Atlântida, onde as verdades espirituais superiores eram ensinadas àqueles que quisessem seguir as disciplinas dos adeptos.

A Sangha do buda, a comunidade essênia em Qumran e a escola de Pitagoras Crotona, encontravam-se entre as escolas de mistério mais remotas.

Outras escolas localizavam-se nos Himalaias, no extremo oriente e no Egito, bem como na Europa e na América do Sul. Uma a uma, estas escolas de mistérios foram destruídas ou dispersadas.

Sempre que estas escolas eram destruídas, os Mestres Ascensos que as patrocinavam, retiravam suas chamas e santuários sagrados para seus retiros no plano etéreo, onde os discípulos continuam sendo treinados entre as encarnações e em seus corpos mais sutís (durante o sono ou no samadhi) para que possam alcançar o conhecimento do EU Divino.

A Grande Fraternidade Branca é universal, uma entidade cósmica que não pertence a nenhuma escola, mas sim, fundou através dos Mestres Ascensos as escolas de mistério mais atuais e conhecidas, que servem o propósito divino de expansão dos ensinamentos, são elas :

A Escola de Teosofia do final do século XIX, A Agny Yoga, O Movimento EU SOU, A Ponte para a Liberdade e A Summit Lighthouse.

As escolas dos mestres, foram fundadas por Seus mensageiros escolhidos, cada um deles, em épocas diferentes. Estes mensageiros, agora não mais estão à frente destas escolas, assim, o que nos resta, neste momento, é estudar os ensinamentos que os mestres liberaram para a humanidade, através destes mensageiros e suas escolas.

O “exoterismo”, ao contrário do “esoterismo ensinado pelas escolas” estuda os ensinamentos religiosos de fácil compreensão para o entendimento do povo, “os não iniciados”.

Suas escolas também foram criadas pelos mestres ascensos e são as oito maiores religiões do mundo, são elas:

Judaísmo, Budismo, Cristianismo, Hinduismo, Confucionismo, Islamismo, Taoísmo, e Zoroastrismo.

Cada uma destas oito religiões representa e ensina um dos oito principais raios da consciência divina.

Cada uma destas qualidades da mente de Deus sendo transmitidas à população, reencarnação após reencarnação, onde as almas encarnam em famílias de diferentes religiões para serem preparadas e aprenderem as diferentes qualidades da mente divina.

Estas religiões não se dedicam a ensinar ao povo seu conhecimento mais profundo, mas sim uma pequena parte de seus ensinamentos, deixando os assuntos mais complexos para seus integrantes mais dedicados.

Assim, muitas verdades que poderiam ser levadas ao povo, são deixadas para os que se entregam de corpo e alma para a instituição.


1. Judaísmo – 1° Raio, o Azul, Chakra da Garganta – O raio da Vontade Divina, do Poder Divino.

Através do Judaísmo entendemos as facetas da Lei Cósmica.

São as fundações de nossa raiz no coração de Abraão.

As qualidades de Deus que trazem ao homem: Luz, Perfeição, Vontade Divina, Proteção, Direção,

Construção, Fé, Obediência, Amor a Deus e sua lei, Poder, Coragem, Ordem, Negócios, Governo Divino,

energia, Aceitação de Si, agir de Acordo com a Consciência e Aceitação da Lei, Vitória, Perdão e

Finalização das obrigações.

2. Budismo – 2° Raio, o Amarelo Ouro, Chakra da Coroa – O raio dourado da sabedoria,

do entendimento, compreensão, discernimento.

Este chakra foi representado por Gautama Buda que nos ensinou a busca da iluminação.

As qualidades de Deus que trazem ao homem: Iluminação, Auto consciência em Deus, Humildade,

Sabedoria, Discriminação entre o bem absoluto, o bem relativo e a maldade, Discernimento,

Inteligência e Mente aberta, Aceitação do Plano Divino, Respeito a Individualidade do Próximo.

3. Cristianismo – 3° Raio, o Rosa – Chakra do coração – O raio do amor divino.

O servir do Cristo Cósmico no ensinamento e do Espírito Santo na purificação, os dois atuando no

nível do coração.

As qualidades de Deus que trazem ao homem: Vitória, Amor Divino, Abnegação, Beleza –

conforto, Graça, Harmonia, Criatividade, Magnetismo espiritual, Compaixão, Unidade, Adesão,

Coesão, Comunhão com a vida, Batismo do Espírito Santo, Consciência da Vontade Divina,

Disciplina, Educação do Próximo, Honestidade, Confiança, Fidelidade e Organização.

4. Hinduísmo – 4° Raio, o branco, Chakra da base da espinha.

O raio da pureza a purificação do nosso corpo, mente e alma, para que possamos ser o templo

do Espírito Santo.

As qualidades de Deus que trazem ao homem: Pureza, Perfeição, Auto disciplina, Moralidade,

Esperança, Vida, Espirais positivas, Alegria, Êxtase Espiritual, Unidade, Perfeição, Simetria,

Geometria, Lei, Ordem, Comensurabilidade, “Em cima é como em baixo”, Arquitetura divina,

Molde de vida, Decisão, Piedade, Devoção e Harmonia.

5. Confucionismo – 5° Raio – o verde esmeralda, Chakra da 3ª visão.

O raio da Verdade que cura. Traz o desenvolvimento do poder de cura através do 3° olho.

As qualidades de Deus que trazem ao homem: Alegria, Verdade, Abundância, Ciência, Método,

Vida, Saúde, Cura, Unidade, Rejuvenescimento, Regeneração, Precipitação direta ou indireta do

Espírito para a matéria, Respeito ao Próximo, Obediência e Respeito a Lei, Visão Divina, Felicidade,

Abastança.

6. Islamismo – 6° Raio – o púrpura e dourado, Chakra do Plexo Solar. O raio do Ministério e Serviço.

As qualidades de Deus que trazem ao homem: Paz, Ministério e Serviço, Fraternidade e família,

Certeza, Focalização da Vontade, Esperança e Fé no futuro, Justiça, Satisfação e Paciência.

7. Taoísmo – 7° Raio – o Violeta, Chakra da Alma. O raio da transmutação e da liberdade da justiça

e da misericórdia.

O Raio de Saint Germain, de Kuan Yin. As qualidades de Deus que trazem ao homem: Liberdade,

Justiça, Tolerância, Misericórdia, Perdão, Ritual de vida, Invocação do Fogo Sagrado,

Ação do fluir da Luz, Energia, Diplomacia, Tato, Postura, Ciência da Alquimia, Transmutação da

Lei da transcendência, Profecia, .Amor, Compaixão e Oração para servir ao Próximo, Gratidão,

Dedicação, Reflexão e Serviço Espiritual.

8. Zoroastrismo – 8° Raio – o pêssego, Chakra da câmara secreta do coração.

Este é um raio intermediário, que ativa os dos 5 chakras secretos.

Vemos assim que cada uma das religiões facilita o desenvolvimento da alma em cada chakra na disciplina de um Raio específico e sob a regência de um Mestre em particular.

Sentindo a necessidade de evoluir para um outro raio, muitas destas religiões geraram outras paralelas e de valor, porém em muitos casos mal interpretadas por seus seguidores.

O Esoterismo também estuda a verdade que está contida no âmago destas oito grandes e principais religiões do mundo. No esoterismo, o aluno das escolas de mistério da Grande Fraternidade Branca, aprende a conhecer não só os sete primeiros raios, como também o oitavo raio que é o raio intermediário e os cinco raios secretos restantes.

Além disto, muito mais sobre os próprios sete raios, os quais teve apenas uma iniciação durante suas encarnações passadas, quando teve a oportunidade de estudar estas religiões.

Nesta hora, o discípulo aprende a verdade da única religião, aquela verdadeira religião que reúne todas as religiões em uma só.

As escolas da Grande Fraternidade Branca são o local certo para tirar todas as duvidas, por que podemos ver em todas as direções e servir de todos os ensinamentos em um único local.

Estudando todas as 12 qualidades da mente de Deus:

O Poder Divino,

O Amor Divino,

A Mestria Divina,

O Controle Divino,

A Obediência Divina,

A Sabedoria Divina,

A Harmonia Divina,

A Gratidão Divina,

A Justiça Divina,

A Realidade Divina,

A Visão Divina

E finalmente a Vitória Divina.

ESTUDANDO COM OS MESTRES ASCENSOS

Com os Mestres aprendemos que vivemos nosso dia a dia conscientes de uma realidade criada através do nosso livre arbítrio.

Nossa consciência ativa, (a nossa alma), quando está encarnada em um corpo físico, serve-se dos veículos terrenos, (os quatro corpos inferiores) para assimilar a vida terrena que lhe cerca; a partir desta assimilação, toma suas decisões para atuar na transformação deste mundo que ora enxerga; estes quatro corpos inferiores, são divididos em dois corpos ômega, a memória e o mental, e dois alfa, o emocional e o físico.

Assim, a consciência – alma, serve-se das energias que permite entrar em seus copos ômega e das que permite estar próximas aos seus corpos alfa.

Nós somos muito mais do que nossas consciências-almas.

Nós também somos nossas consciências Superior – superconsciênte – EU-Superior; e a consciência inferior – subconsciente – eu-inferior.

A primeira, criada por Deus para nos servir, e a segunda, criada por nós mesmos, fruto de nossas energias e criações imperfeitas, e que luta para se manter viva a través de nossos erros; erros que geram mais energia corrompida e que mantém este eu inferior vivo.

O leme mestre de tudo isto é a nossa alma, nossa consciência ativa e que deve comandar nossa vida em direção ao Eu Superior e obedecer aos seus direcionamentos.

Nós precisamos utilizar nosso tempo, todo o nosso dia a dia, buscando contato com a consciência superior e pedindo a Ela que preencha os nossos corpos ômega (a nossa memória e mental), com energias superiores e divinas, e que afaste para longe de nossos corpos alfa (o nosso corpo físico e emocional), as energias de baixo calão de nosso planeta e ou seres viventes mal intencionados.

Entendam que uma vez que uma energia ruim tenha se alojado dentro de nossa memória e mental, a nossa consciência ativa (a alma), terá de lidar com estas energias.

Os mestres nos ensinam que podemos chamar os seres cósmicos de luz, para elevar as energias externas e internas, de nossas vidas, e de nosso planeta também.

Não precisamos nos render a energias ruins, elas é que precisam se render aos nossos apelos ao fogo divino.

Aprendemos que ao fazermos chamados à luz etérea superior, teremos grande poder de ação sobre o mundo; seja ele físico, emocional, mental ou a memória (etéreo inferior).

Mas para que isto ocorra, precisamos nos dirigir ao seres do éter superior (Mestres Ascensos, Anjos, Arcanjos, Elohim, Presença EU SOU, EU Superior) e invoca-los, implorando para que atuem em nosso mundo.

O verdadeiro guerreiro da luz, é aquele que comanda as hostes de luz para atuarem em prol da verdade e do bem geral de todos.

Nós todos, os filhos da luz, somos aqueles que precisamos enxergar e reconhecer a mentira e a energia desqualificada e pedir às forças de luz que as transformem em verdade e em energia bem qualificada.

Além de pedirmos a intercessão divina, constantemente, para este mundo tão poluído, precisamos entender que é de responsabilidade da alma consciente, colocar sua atenção e pensamentos, em coisas e energias elevadas e puras, protegendo sua mente das forças astrais.

Este é o único meio de vencer as trevas e buscar a ascensão de suas consciências para

a unificação com a mente superior do EU SOU O QUE EU SOU.

Precisamos exigir a harmonia onde habitamos e fugir dos ambientes de desarmonia e conflito.

Extraído de: http://aluisionestelar.ning.com

Uma resposta para “O QUE É A “GRANDE FRATERNIDADE BRANCA”???

  1. Boa noite, fiz um comentário em uma postagem anterior pedindo algumas explicações e me desculpando pela minha ignorância. Quero agradecer porque este artigo muito me esclareceu, apesar que tenho grande dificuldade não de entender, mas sim de gravar nomes, isto de uns tempos para cá vem se agravando, mas o conteúdo, o principal da mensagem, entendi perfeitamente, e gostei bastante, sei que não sou evoluída a ponto de fazer parte disto, mas com o maior prazer recebo os emails, pois me inscrevi para recebê-los, e os leio porque sei contem ensinamentos muito importantes. Obrigada mais uma vez por terem me esclarecido, fiquem em paz. Luconi

Deixe uma resposta

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s